#Resenha Dez Formas de Fazer um Coração se Derreter

Oi amigos, hoje tem mais a resenha de mais um romance de época para vocês. Desta vez é da autora Sarah MacLean, um autora que me conquistou com seus personagens fortes e enredos inteligentes.
Dez Formas de Fazer um Coração se Derreter - #2 série Os Números do Amor - Sarah MacLean
352 páginas - Editora Arqueiro
Isabela Townsed é filha de um conde, por isso, tem um grande futuro pela frente. Era de se esperar que sua única preocupação fossem as cores do vestido ou os convites que receberia, ou ainda, quem seria seu marido. 
Mas a realidade de Isabela foi bem diferente, pois ela era filha do Conde Perdulário. Sua realidade foi cheia de dificuldades e de uma luta diária para manter a casa e ao irmão James.
Depois da morte da mãe e sem ter notícias do pai há algum tempo, ela foi o homem que a casa não tinha. Mesmo sem condições, ela tomou para si a  responsabilidade de ajudar mulheres que chegavam até ela e que não tinham para onde ir ou quem as acolhesse. Em uma época onde as mulheres eram adornos e pontes para casamentos lucrativos, não era de se estranhar que muitas precisassem fugir de uma vida de violência, medo e vergonha.
Por conta disso, deu origem a Casa da Minerva. Uma casa que abrigava estas mulheres que estavam fugindo de alguém ou alguma coisa. Uma casa que foi ganhando fama e seguia em segredo aos olhos da sociedade. Nesta casa, Isabela ensinava a estas mulheres que chegavam sem esperança e muitas vezes destruídas não apenas fisicamente, como psicologicamente, que elas tinham sim valor.
As coisas que já não eram fáceis, piorou quando o pai de Isabela morreu. Sem alternativas de como manter-se, ela decidiu vender seu bem mais precioso, um conjunto de estátuas de mármores, herdadas de sua mãe. Este era o único jeito de arranjar dinheiro e manter a todos em segurança.
Por conta disso, acaba entrando em sua vida lorde Nicholas St. John.
Isabela devia ficar trancada em um quarto pelo bem da sanidade. Da sua sanidade.
Nick é um especialista em antiguidades, e estava na longínqua Yorkshire por dois motivos. Um, era para encontrar a irmã desaparecida de um nobre amigo. A outra era sua fuga temporária das mulheres londrinas que estavam loucas para arrastá-lo para um casamento. Isso tudo por conta de uma reportagem onde ele é apontado como um dos nobres solteiros que valem a pena se casar.
Acontece que a proximidade de Nick trouxe outras preocupações para Isabela. Uma era o fato dela precisar a todo custo esconder a existência de suas protegidas. Coisa bem difícil, pois a casa estava cheia de mulheres. Outro problema era manter seu coração afastado dos sentimentos que Nick lhe despertavam. Vale ressaltar que ele não está presente na lista dos "Top 10 Solteiros para se Casar" a toa... Ele não é apenas rico, educado e charmoso, como também dono de uma beleza estonteante.
- Como vou convencê-lo a ficar?
 - Bem, é inteiramente possível que ele a considere fascinante.
Isabela ergueu os olhos para a prima, a água escorrendo do rosto.
- Não, é inteiramente possível que ele me considere perturbada.
- Isso também é bem provável, sim.
Mas esta dupla tem alguns fantasmas para matarem. Depois de ver todo o estrago que um homem pode causar na vida de uma mulher, Isabela não está disposta de entregar sua vida na mão de nenhum homem, nem mesmo um lindo nobre que pode resolver seus problemas financeiros. Nick por sua vez aprendeu a duras penas o sabor amargo da traição. Uma traição que quase o levou a morte.
Acontece que Nick é um caçador, e sabe que Isabela esconde muitos segredos fora o que o levou até ali. Ele está disposto a descobrir cada um deles. Mesmo ciente de que Isabela não deveria confiar nele, ele fará de tudo para ganhar a confiança desta jovem linda, inteligente e corajosa. O que ele mais quer no momento é protegê-la, mesmo sem saber muito bem do que.
Deu seu último e fatídico passo para a rua e foi então que ele soube que não teria outra opção a não ser salvá-la.
Mais uma vez Sarah dá ao seu leitor um romance delicioso, onde vemos uma mocinha lutadora e disposta a enfrentar tudo e a todos para defender aqueles que precisam de ajuda. Uma jovem que sabe que um passo em falso seu e tudo pelo qual lutou estará perdido. Uma mulher que aprendeu a se virar sozinha, mas que vai ter que aprender que pedir ajuda nem sempre é sinal de fraqueza e que o amor não é necessariamente o fim de uma mulher.
Uma boa pedida para quem gosta do gênero.
*Este livro foi cedido em cortesia pela editora.

34 comentários:

  1. OI Rose, tudo bem? Eu amo essa serie. Sou uma leitora fanática por romances de época e posso te dizer que essa serie é uma das melhores que já li. Esse livro é lindo, mas eu ainda favoritei o primeiro que na minha opinião é simplesmente perfeito.
    http://www.facesemlivros.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também amo romances de época e está série e ótima mesmo.
      Bjs

      Excluir
  2. Ainda quero os livros da Sarah, sou apaixonada por títulos grandões e ambos os livros me parecem ser muito bons mesmo.
    Adoro mocinhas lutadoras que vão além do seu tempo.

    ResponderExcluir
  3. Eu sou apaixonada pelo primeiro volume dessa série e tenho certeza de que vou me apaixonar por esse também. Estou esperando o meu chegar e não vejo a hora de ler. A capa é linda.

    ResponderExcluir
  4. Olá Rose, tudo bem?

    Não lembro da série, a autora já tinha visto, mas não sei praticamente nada dela. A sua resenha ficou muito boa, porém não faz meu gênero literário, gosto mais de ficção histórica. Gostei da capa, bem trabalhada. Bjuss

    ResponderExcluir
  5. Oii Rose, tudo bem?
    Infelizmente dessa vez a obra em si não despertou meu interesse, não sou muito chegada em romance de época, mas parabéns pela resenha querida.
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  6. Olá Rose.
    Ouço tanto sobre os livros dessa autora que me despertou a vontade de ler e pelo que vc diz não é um romance bobo já me chamou a atenção.
    Curti muito sua resenha e já anotei para uma futura leitura.
    Parabéns pela resenha e o blog.
    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom! Espero que leia e goste!
      Bjs

      Excluir
  7. Nossa, tinha outra ideia desse livro... Agora quero muito ler... Adorei sua resenha! Dica anotada. Beijos

    ResponderExcluir
  8. mais uma vez uma trama forte, autêntica e única! apaixonei!
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Olá, a cada resenha que leio me interesso e encanto mais por romances de época, esse me fascinou. Um jovem cobiçado e e uma moça forte que sabe tudo de ruim que o amor pode causar, por ajudar mulheres que passaram por esse mal, combinação perfeita de romance pra mim. Sua resenha está animadora e instigante e o que faço agora? Vou atrás do livro pra ler né. Espero gostar como você, mas acho difícil não gostar, bjs e até mais

    ResponderExcluir
  10. OLá!
    Eu simplesmente amo romances de época e esse cada dia mais que passa me conquista um pouquinho mais. Adoro protagonistas que lutam pelo o que querem e sempre ajudam os outros.
    Beijos.
    https://arsenaldeideiasblog.wordpress.com/

    ResponderExcluir
  11. Oi Rose! Tudo bem?
    Já li esse livro e amei, aliás Sarah escreve divinamente, difícil não gostar dos livros dela. Como sou fã de romances de época/históricos, sou suspeita para falar tanto da autora quanto da obra. Apesar de ter amado esse livro, o primeiro em encantou de tal modo que leria mais vezes sem duvida, Lady Calpurnia me cativou! Adorei a resenha! Bj

    ResponderExcluir
  12. Oi Rose, tudo bem? Romance de época não é minha praia, confesso :( Mas gostei bastante do enredo deste. É bom ver uma mulher protegendo outras. Espero apenas que depois de se apaixonar e ficar com o mocinho, ela não se esqueça das manas <3
    Um beijão
    http://profissao-escritor.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não seria a nossa protagonista se fizesse isso :)
      Bjs

      Excluir
  13. Rose, infelizmente ainda não li nenhum livro dessa autora, mas só pelo fato de ser de época e ter uma mocinha lutadora já me conquista.
    Espero poder ler porque sei que me apaixonarei.

    ResponderExcluir
  14. Rose!
    Gosto demais desse estilo literário e embora não tenha lido nenhum dos livros dessa série, fiquei bem interessada ainda mais em saber como a protagonista é lutadora.
    “Prefiro os erros do entusiasmo à indiferença da sabedoria.” (Anatole France)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    TOP Comentarista de OUTUBRO com 3 livros + BRINDES e 3 ganhadores, participem!

    ResponderExcluir
  15. Oi ^^

    Este gênero não é o meu preferido, mas admito que ando tentada a abrir meu coração para estas histórias sem fazer cara feia.
    Normalmente eu fujo de romances por já ter lido muitos com personagens sem graça, mas pelo que pude ver, neste livro a mocinha não é chatinha e bobinha como nos outros que já li. Então com certeza vou lê-lo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Alessandra, não, ela não é nem boba e muito menos chata.
      Bjs!

      Excluir
  16. Oi, Rose!
    Adoro romances de época, apesar de não ler com muita frequência. Tenho o primeiro livro da série, ganhei em um sorteio, mas ainda não li. Espero gostar e depois continuar lendo os demais. A premissa parece muito envolvente. Linda resenha. Obrigada. Beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Marcia eu sou apaixonada, acho que já deu para perceber, né? :)

      Excluir
  17. Gostei da personagem principal, ela parece ser bem carismática. No entanto, apesar do enredo da história ser bem legal, eu preferiria ler a série que o precede.
    Um abraço!

    http://paragrafosetravessoes.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Eduarda, não tem como não gostar dela.
      Bjs

      Excluir

Olá meu amigo, deixe sua opinião, ela é sempre bem vinda. Obrigada por visitar o blog.