#Resenha O Assassino do Zodíaco

Oi amigos, hoje venho com mais uma resenha de um dos meus Desafios Literários. Aliás, esta é a última resenha do Desafio Sopa do Alfabeto, que fico muito feliz por ter completado! Vamos então a resenha:
O Assassino do Zodíaco - Sam Wilson
464 páginas - Editora Jangada
A América é dividida através dos signos do zodíaco e a população tem seu status definido conforme o dia e hora de seu nascimento. Filhos que nascem em signos diferentes de seus pais são vistos como desajustados, não se encaixando em um padrão pré-estabelecido.
Esta ordem acaba sendo abalada quando dois membros proeminentes da sociedade são assassinatos: o chefe de polícia Peter William e Hammond, o âncora do programa "Denoite".
O detetive Burton é designado para investigar o caso ao lado da astróloga Lidi. Apesar da grande diferença entre eles, é preciso encontrar uma forma de trabalharem juntos. Acontece que a investigação acaba se voltando contra Burton, que se vê preso em uma rede de intrigas e mentiras que coloca sua vida em perigo
Outra ponta da história é a procura de Daniel Lapton, um rico e poderoso capricorniano, por sua filha. Daniel só descobriu a existência dela após a morte de seu pai. Agora, ele usa todo o dinheiro que tem para encontrá-la. Uma filha que foi renegada pelo avô e obrigada a se encaixar em uma escola para desajustados, que tudo leva a crer acabou sendo responsável por sua morte. Saber exatamente o que aconteceu com sua filha é o que movia Daniel.
Eu esperava um pouco mais da história. Talvez se o passado e presente fossem apresentados de uma outra forma, eu tivesse me envolvido mais com o enredo. Em determinado momento ele ficou um pouco cansativo e confuso, como se não fosse dar em lugar nenhum. Felizmente ele tomou um rumo inesperado e as coisas se encaixaram, mas até chegarem nesta parte, é possível alguns se percam no caminho, como foi o meu caso. E mesmo já prevendo quem era o assassino, ver toda a explicação do caso foi muito bom.
É uma história interessante, mesmo com alguns "poréns" levantados, indico a leitura para quem gosta de um bom quebra-cabeça policial.

Esta resenha faz parte do meu Desafio Literário 2018 na letra "Z". Para ler outras resenhas deste desafio, basta clicar na imagem abaixo:


#Resenha O Assassino do Zodíaco

Oi amigos, hoje venho com mais uma resenha de um dos meus Desafios Literários. Aliás, esta é a última resenha do Desafio Sopa do Alfabeto, que fico muito feliz por ter completado! Vamos então a resenha:
O Assassino do Zodíaco - Sam Wilson
464 páginas - Editora Jangada
A América é dividida através dos signos do zodíaco e a população tem seu status definido conforme o dia e hora de seu nascimento. Filhos que nascem em signos diferentes de seus pais são vistos como desajustados, não se encaixando em um padrão pré-estabelecido.
Esta ordem acaba sendo abalada quando dois membros proeminentes da sociedade são assassinatos: o chefe de polícia Peter William e Hammond, o âncora do programa "Denoite".
O detetive Burton é designado para investigar o caso ao lado da astróloga Lidi. Apesar da grande diferença entre eles, é preciso encontrar uma forma de trabalharem juntos. Acontece que a investigação acaba se voltando contra Burton, que se vê preso em uma rede de intrigas e mentiras que coloca sua vida em perigo
Outra ponta da história é a procura de Daniel Lapton, um rico e poderoso capricorniano, por sua filha. Daniel só descobriu a existência dela após a morte de seu pai. Agora, ele usa todo o dinheiro que tem para encontrá-la. Uma filha que foi renegada pelo avô e obrigada a se encaixar em uma escola para desajustados, que tudo leva a crer acabou sendo responsável por sua morte. Saber exatamente o que aconteceu com sua filha é o que movia Daniel.
Eu esperava um pouco mais da história. Talvez se o passado e presente fossem apresentados de uma outra forma, eu tivesse me envolvido mais com o enredo. Em determinado momento ele ficou um pouco cansativo e confuso, como se não fosse dar em lugar nenhum. Felizmente ele tomou um rumo inesperado e as coisas se encaixaram, mas até chegarem nesta parte, é possível alguns se percam no caminho, como foi o meu caso. E mesmo já prevendo quem era o assassino, ver toda a explicação do caso foi muito bom.
É uma história interessante, mesmo com alguns "poréns" levantados, indico a leitura para quem gosta de um bom quebra-cabeça policial.

Esta resenha faz parte do meu Desafio Literário 2018 na letra "Z". Para ler outras resenhas deste desafio, basta clicar na imagem abaixo:


Editoras Parceiras