#Resenha À Sua Espera #10

Oi amigos, e principalmente as amigas! Preparem-se para se apaixonarem por Mase Manning! Com vocês, a resenha do livro À Sua Espera.

À Sua Espera - #10 Rosemary Beach - Abbi Glines
270 páginas - Editora Arqueiro
Mase Manning, filho de Kiro, o vocalista da banda de rock Slacker Demon é um homem raro. Longe da fama do pai, vem aos poucos construindo seu futuro através do rancho que sempre foi seu sonho. Ele leva uma vida pacata no Texas, onde mora com a mãe, o padrasto e o primo.
Ele tem muito trabalho a fazer e não pensa em se casar tão cedo. Por enquanto, sua "amizade colorida" com a vizinha Cordélia está de bom tamanho. As únicas mulheres que realmente importam na sua vida são sua mãe e a irmã Harlow. Mas isso muda quando ele conhece Reese...
Reese é uma jovem com um passado sombrio e pesado. Esta garota nunca soube direito o que é ser sentir-se amada, querida ou mesmo protegida.
Reese, que tem problema de dislexia, nunca foi diagnosticada com a doença. Por conta disso, sua dificuldade de aprendizagem sempre foi motivo de escárnio e encarada como burrice. Mesmo em casa, sua mãe sempre gostava de ressaltar o quanto ela era burra e que deste jeito só serviria mesmo para ser uma "vagabunda".
Conforme a infância foi ficando para trás, e ela foi ganhando um corpo de mulher, seus problemas pioraram, e ela pagou caro por isso. Os meninos só se aproximavam para uns amassos. A mãe a desprezava e ela começou a ser abusada pelo padrasto.
Agora, longe desta sujeira toda, ela trabalha como faxineira. Não tem amigos e sua autoestima é zero. Ela faz questão de se manter invisível e bem longe dos homens. O único que ela vê como amigo é Jimmy, mas mesmo ele não imagina os tormentos que Reese guarda para si.
Acontece que ela não está preparada para Mase... Ela não entendo como um homem como ele, se importa com o que possa acontecer com uma mulher como ela. Mas a verdade é que ao lado dele, ela sente-se segura, apesar de toda a vergonha de que ele descubra seu passado e segredos.
Tudo o que afeta você é problema meu.
Acontece que Mase queria ajudar esta mulher que não saía de sua cabeça. Na verdade ele queria era outras coisas com ela, mas por hora precisava se contentar em ser apenas seu amigo.
Reese não acreditava em si mesmo, mas Mase acreditava por ela. E foi ele o responsável por descobrir sua dislexia e conseguir um tratamento para ela. A preocupação, o carinho e o respeito que ele tinha com ela, foi aos poucos mostrando que ela era capaz e digna de amor.
Mas anos de abuso não são fáceis de serem apagados e Mase precisa ter cuidado e paciência se quiser algo mais com Reese. A distância entre o Texas e Rosemary Beach é outro problema que ele enfrenta, sem falar da pressão que Cordélia estava fazendo para que retomassem o relacionamento que ela acreditavam que tinham.
Ela precisava de mim. Caramba, ela precisava de alguém. E que se dane: eu queria estar lá para ajudá-la.
Infelizmente quando Mase parece está caminhando para realizar o seu sonho, Reese surta e todo o progresso vai embora ralo abaixo. Por maior que seja seu amor por Reese, Mase sabe que tem lutas que ele não pode enfrentar por ela. Mas ele deixa claro que estará esperado por ela no Texas, pelo tempo que ela precisar. Será que Reese conseguirá matar seus demônios?
Quando penso que Abbi não poderia criar um protagonista melhor que Tripp, eis que ela vem com o Mase. Esqueçam os atributos físicos de Mase, que são de fatos de fazer cair o queixo. Aqui o que destaco é o homem Mase Manning. Suas atitudes, seu cuidado e carinho foram de tirar o chapéu.
Reese também é uma ótima protagonista. Ela não é fraca e nem amargurada, pelo contrário. Ela tem consciência que precisa lutar contra seus medos. Mesmo com sua pesada bagagem, ela segue em frente.
Muitos podem falar que na vida real os problemas de Reese não seriam facilmente vencidos. Eu até acredito nisso, sinceramente. Mas o livro é um romance, não um caso real. Fora que se no mundo houvessem mais homens como Mase, as mulheres não precisariam enfrentar este tipo de problema.
Ah, no final do livro temos uma pequena e surpreendente surpresa. O que será que vem por aí? preciso dizer que recomendo?

Curiosos com os outros volumes da série? Então cliquem abaixo e confiram!

 
#1 Paixão Sem Limites (Blaire e Rush)
*Livro cedido em cortesia pela editora

#Resenha À Sua Espera #10

Oi amigos, e principalmente as amigas! Preparem-se para se apaixonarem por Mase Manning! Com vocês, a resenha do livro À Sua Espera.

À Sua Espera - #10 Rosemary Beach - Abbi Glines
270 páginas - Editora Arqueiro
Mase Manning, filho de Kiro, o vocalista da banda de rock Slacker Demon é um homem raro. Longe da fama do pai, vem aos poucos construindo seu futuro através do rancho que sempre foi seu sonho. Ele leva uma vida pacata no Texas, onde mora com a mãe, o padrasto e o primo.
Ele tem muito trabalho a fazer e não pensa em se casar tão cedo. Por enquanto, sua "amizade colorida" com a vizinha Cordélia está de bom tamanho. As únicas mulheres que realmente importam na sua vida são sua mãe e a irmã Harlow. Mas isso muda quando ele conhece Reese...
Reese é uma jovem com um passado sombrio e pesado. Esta garota nunca soube direito o que é ser sentir-se amada, querida ou mesmo protegida.
Reese, que tem problema de dislexia, nunca foi diagnosticada com a doença. Por conta disso, sua dificuldade de aprendizagem sempre foi motivo de escárnio e encarada como burrice. Mesmo em casa, sua mãe sempre gostava de ressaltar o quanto ela era burra e que deste jeito só serviria mesmo para ser uma "vagabunda".
Conforme a infância foi ficando para trás, e ela foi ganhando um corpo de mulher, seus problemas pioraram, e ela pagou caro por isso. Os meninos só se aproximavam para uns amassos. A mãe a desprezava e ela começou a ser abusada pelo padrasto.
Agora, longe desta sujeira toda, ela trabalha como faxineira. Não tem amigos e sua autoestima é zero. Ela faz questão de se manter invisível e bem longe dos homens. O único que ela vê como amigo é Jimmy, mas mesmo ele não imagina os tormentos que Reese guarda para si.
Acontece que ela não está preparada para Mase... Ela não entendo como um homem como ele, se importa com o que possa acontecer com uma mulher como ela. Mas a verdade é que ao lado dele, ela sente-se segura, apesar de toda a vergonha de que ele descubra seu passado e segredos.
Tudo o que afeta você é problema meu.
Acontece que Mase queria ajudar esta mulher que não saía de sua cabeça. Na verdade ele queria era outras coisas com ela, mas por hora precisava se contentar em ser apenas seu amigo.
Reese não acreditava em si mesmo, mas Mase acreditava por ela. E foi ele o responsável por descobrir sua dislexia e conseguir um tratamento para ela. A preocupação, o carinho e o respeito que ele tinha com ela, foi aos poucos mostrando que ela era capaz e digna de amor.
Mas anos de abuso não são fáceis de serem apagados e Mase precisa ter cuidado e paciência se quiser algo mais com Reese. A distância entre o Texas e Rosemary Beach é outro problema que ele enfrenta, sem falar da pressão que Cordélia estava fazendo para que retomassem o relacionamento que ela acreditavam que tinham.
Ela precisava de mim. Caramba, ela precisava de alguém. E que se dane: eu queria estar lá para ajudá-la.
Infelizmente quando Mase parece está caminhando para realizar o seu sonho, Reese surta e todo o progresso vai embora ralo abaixo. Por maior que seja seu amor por Reese, Mase sabe que tem lutas que ele não pode enfrentar por ela. Mas ele deixa claro que estará esperado por ela no Texas, pelo tempo que ela precisar. Será que Reese conseguirá matar seus demônios?
Quando penso que Abbi não poderia criar um protagonista melhor que Tripp, eis que ela vem com o Mase. Esqueçam os atributos físicos de Mase, que são de fatos de fazer cair o queixo. Aqui o que destaco é o homem Mase Manning. Suas atitudes, seu cuidado e carinho foram de tirar o chapéu.
Reese também é uma ótima protagonista. Ela não é fraca e nem amargurada, pelo contrário. Ela tem consciência que precisa lutar contra seus medos. Mesmo com sua pesada bagagem, ela segue em frente.
Muitos podem falar que na vida real os problemas de Reese não seriam facilmente vencidos. Eu até acredito nisso, sinceramente. Mas o livro é um romance, não um caso real. Fora que se no mundo houvessem mais homens como Mase, as mulheres não precisariam enfrentar este tipo de problema.
Ah, no final do livro temos uma pequena e surpreendente surpresa. O que será que vem por aí? preciso dizer que recomendo?

Curiosos com os outros volumes da série? Então cliquem abaixo e confiram!

 
#1 Paixão Sem Limites (Blaire e Rush)
*Livro cedido em cortesia pela editora

Editoras Parceiras