#Resenha Destrua-me

Oi amigos, esta resenha era para ter saído na semana passada, mas acabei não escrevendo e postando. Mas hoje eis ela aqui para vocês, espero que gostem.

Destrua-me - vol. 1.5 trilogia Estilhaça-me - Tahereh Mafi
89 páginas - Editora Novo Conceito
Toda estória tem pelo menos 2 lados. E cada um consegue contar a mesma estória de modo diferente. Eis o charme da leitura. O que dizer então quando temos os fatos narrados do ponto de vista do vilão? É justamente isso que encontramos em Destrua-me.
Warner, o cruel e temido líder do setor 45 faz um relato do que viu, do que sente e mais ainda, do que pensa dos acontecimentos ao seu redor.
Ele começa contando a partir da fuga de Juliette e do tiro que acabou recebendo. Da chegada de seu pai ao setor 45 para por "ordem na casa", até a caçada a procura de Juliette, Adam e Kishimoto, Warner nos fornece um relato não só atual, mas também lembranças de um passado que apenas ele sabe. De quebra ainda conseguimos conhecer também o passado de Juliette.
Nesta narrativa despretensiosa, nosso terrível, frio e calculista vilão mostra sua verdadeira face. Um coração triste, solitário e apaixonado que por força das circunstâncias Warner tem que manter escondido. Resta saber se no decorrer desta estória, este coração vai ficar congelado...
Conheça um pouco mais do primeiro volume da trilogia:
Resenha
a Rafflecopter giveaway

2 comentários:

  1. Denise Simino11/7/13

    Eu li esse conto tem um tempinho e eu gostei muito. Achei interessante saber um pouco mais sobre as motivações do Warner, mas nem assim eu troco o Adam por ele. Mesmo sabendo que é quase 100% certo que a Juliette vai ficar com ele.

    Bjs, @dnisin
    www.seja-cult.com

    ResponderExcluir
  2. Oi Denise, este conto mexeu comigo. Ainda torço para o Adam, mas acho que Warner ainda vai nos surpreender.
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir

Olá meu amigo, deixe sua opinião, ela é sempre bem vinda. Obrigada por visitar o blog.