Pais & Filhos

Oi amigos, quem tem filho sabe como estes "adoráveis pestinhas" conseguem muitas vezes nos tirar do sério. Normalmente temos que contar até mil e respirar muito fundo. O certo é que em muitas destas vezes acabamos abrindo a boca sem pensar, e o resultado e que soltamos frases que deveriam ficar presa bem no fundo do baú:

"Você é um mau menino".
    "Sacrifico minha vida pessoal para cuidar de você, e você não reconhece isto".
      "Eu preferiria que você não tivesse nascido".
        "Você nunca vai ser nada na vida".
          "Seu pai(sua mãe) e eu estamos nos separando por sua causa".
            "Quando eu era da sua idade, voltava da escola a pé e ainda ajudava minha mãe a cuidar da casa."
              "Por quê você não é como seu irmão?".
                "Você está agindo como um bebê. Devia sentir vergonha disso".
                  "Se fizer isso de novo, vou chamar a polícia e mandar lhe prender".
                    "Faço tudo por você e não recebo nada em troca".
                      Uma pena que isso possa acontecer, eu graças à Deus, mesmo diante das minhas loucuras não falei nada parecido para meus filhos. O Cauê foi muito bem planejado e desejado, e mesmo o Gabriel tendo vindo de uma forma muito inesperada, foi amado e desejado no momento em que soube de sua existência. Se larguei minha profissão foi porque EU quis ficar mais perto deles e acompanhar o crescimento de ambos. Sempre enalteço que eles vão ser o que quiserem ser, pois são inteligentes e capazes. Não falo que vou chamar a polícia, mas os deixo de castigo se merecerem.
                      Meu pagamento? Os beijos e abraços que recebo, aquele sorriso quando chego, são mais que suficientes.
                      E vocês papais e mamães, estão medindo bem o que falam para seus filhos na hora da raiva?

                        a Rafflecopter giveaway

                        15 comentários:

                        1. Oiii Rosee...

                          Adorei o post... as vezes os pais agem na hora da raiva de maneira impensada. Um segundo depois que falam se arrependem...hehe

                          Vc é uma ótima mamãe, com certeza...

                          Adorei seu sorteio, já li o livro e ele é ótimo....

                          Beijinhos

                          TeLa

                          http://www.penseiraliteraria.com.br/

                          ResponderExcluir
                        2. yassuifortes17/1/13

                          Nossa ouvi muito isso da minha mãe...kkk trágico! Isso não educa em nada, só afasta os filhos dos pais...digo por experiencia própria!

                          ResponderExcluir
                        3. Maristela G Rezende17/1/13

                          Não tenho filhos mas acho que todo pai e mãe deve pensar bem antes de falar alguma coisa para o filho.Às vezes, os filhos desorientam as mães e elas acabam falando sem pensar. Só que muitas palavras machucam, e mesmo o filho não demonstrando depois o quanto ficou magoado, lá no fundo ele relembra o comentário e ele se magoa novamente.

                          ResponderExcluir
                        4. Gustavo Silveira17/1/13

                          nossa, minha mae ja falou uma dessas coisas ai pra mim kkkkkkkkk

                          ResponderExcluir
                        5. VANNESSA QUEIROS17/1/13

                          Ainda não tenho idade e maturidade para se mãe,mas tenho várias amigas que já são,algumas deixam de castigo,dão palmadinhas,xingam mesmo...
                          Mas não sei se é pelo calor do momento,mas sou definitivamente contra definitivamente,porque criança tem que ser tratada com amor,carinho,cuidados...

                          ResponderExcluir
                        6. Quando li "Se fizer isso de novo, vou chamar a polícia e mandar lhe prender", lembrei de Rochelle, a mãe do Chris, kkkkkkk


                          Graças a Deus, meus pais me deram muito amor e carinho e seguravam as palavras para não ofender/traumatizar os filhos.


                          Bjo!

                          ResponderExcluir
                        7. Adorei!! Mas acho que ainda não conseguiria ser mãe, talvez daki uns 2 anos rs

                          ResponderExcluir
                        8. Nossa, é verdade, já vi um episódio que esta louca falava isso mesmo! kkkk
                          Bjs, Rose.

                          ResponderExcluir
                        9. Oi Vannessa, na maior parte eu ponho os dois "anjinhos" aqui de casa de castigo, mas tem hora que não dá, uma palmada na bunda acaba acontecendo.
                          Bjs, Rose.

                          ResponderExcluir
                        10. Vou fazer ainda uma postagem sobre as frases "tradicionais" das mães, principalmente as de antigamente. Tenho certeza que muita gente vai lembrar e rir ao mesmo tempoi.
                          Bjs, Rose.

                          ResponderExcluir
                        11. É verdade Maristela, tem horas que os pais ficam realmente perdidos e falam o que não queriam, mas acho que um pedido de desculpas e explicando o porquê da desculpa acaba ajudando muito.
                          Bjs, Rose.

                          ResponderExcluir
                        12. Oi Yassui, se no fim só ficar estas frases sem sentido, afastam mesmo.
                          Bjs, Rose.

                          ResponderExcluir
                        13. Uma vez dei uma palmada no meu filho caçula que havia me respondido e enfrentado e quase morri de remorso, pois achei, na verdade tenho certeza, que foi muito forte. Logo em seguida pedi para minha mãe disfarçar e ir passar uma pomada no bumbum dele. Ser mãe é uma verdadeira montanha russa, e sempre tentamos acertar.
                          Bjs, Rose.

                          ResponderExcluir
                        14. Oi Rose!
                          Às vezes vejo umas coisas na rua que me deixam horrorizada. Outro dia estava caminhando e passou do meu lado um menininho de uns 3 anos de mãos dadas com a mãe. Olhei pra ele casualmente, ele olhou pra mim abriu um sorriso e disse "oi". Eu disse "oi" e continuei a andar. Acredita que a mãe dele deu um tapa na cabeça do menino e gritou "Eu já te disse que não é pra ficar falando oi pros outros na rua?". Fiquei chocada, imaginando como essa mãe irá destruir toda a confiança e gentileza do menininho a longo prazo =/
                          Beijos... Elis.

                          ResponderExcluir

                        Olá meu amigo, deixe sua opinião, ela é sempre bem vinda. Obrigada por visitar o blog.