#Resenha: A Espiã que me amava


Oi amigos, hoje tem mais uma resenha para participar da promoção "Resenha do Leitor". E quem nos mandou desta vez foi a Thaila, vamos conferir o que ela achou do livro que leu?

Oi gente, é com orgulho que apresento a primeira resenha do blog!!! \o/ Eu sou fascinada por romances e os de banca são uma das minhas maiores paixões, tanto que sou colunista me um blog, o Romances de Coração vocês devem ir conferir, vão se apaixonar! Super lindo! Essa resenha já foi publicada lá no blog, mas também quis trazer para vocês, espero que curtam!

A Espiã que me amava - Celeste Bradley
218 páginas - Editora Nova Cultural

Você já se imaginou como homem? Usando roupas masculinas e frequentando ambientes só para eles? Hoje isso tudo é tão normal, mulheres usam calças, trabalham em funções que antes eram consideradas tipicamente masculinas. Mas como seria viver essa experiência no século XIX? Bem, Phillipa sabe como é isso!
Após perder a mãe e ter seu pai sequestrado pelas tropas francesas tudo que lhe resta é um caderno de anotações escrito dentre outras coisas “Fique de olho em James Cunnington”. Para descobrir se esse homem é um aliado ou um inimigo ela deve conhecê-lo e a única maneira é passar por Phillip, o preceptor do filho adotivo de James.
James repudia toda e qualquer possibilidade de compromisso amoroso, depois de uma traição de uma mulher vil e cruel que dizia amá-lo ele não acredita mais em amor e muito menos fidelidade. Como herdeiro ele sabe que deve dar continuidade ao império da família, por isso adota o pequeno Robbie. James vive agora um dilema: deve ajudar o preceptor de seu filho a ser mais másculo, impedir uma perigosa dama de sair livre das acusações de traição e ainda tirar da cabeça uma certa ruivinha de curvas tentadoras.
Como será sua reação ao descobrir que a deliciosa ruivinha e o preceptor e mais novo amigo são, na verdade, a mesma pessoa?
O livro é divertidíssimo! As situações que Phillipa passa na pele de Phillip são hilárias, ao mesmo tempo em que ela tem de ser e agir como um homem deve esconder seu amor por seu patrão tão pecaminosamente belo. A autora, Celeste Bradley tem por característica dar leveza e um ar cômico a suas histórias ao mesmo tempo m que mescla o suspense e a adrenalina do mundo dos espiões. Com certeza vale a pena ler, pois é fascinante.

Eu ainda não li este livro, e vocês, já leram? O que acharam?
Ah, esta resenha já está fazendo parte da Promoção Resenha do Leitor e estará concorrendo com o nº 03.






Quer participar também e concorrer a um livro surpresa da Editora Novo Conceito? Então mande uma resenha para o e-mail do blog e participe!
a Rafflecopter giveaway

5 comentários:

  1. thailaoliveira717/7/13

    obrigada pelo espaço Rose!

    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. A estoria tem um ar bem engraçado.

    ResponderExcluir
  3. Eu que agradeço sua participação Thaila.
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir
  4. Gladys Sena17/7/13

    Parece bem light Thaila.
    Bjo!

    ResponderExcluir

Olá meu amigo, deixe sua opinião, ela é sempre bem vinda. Obrigada por visitar o blog.