#Resenha E Se For Você?

Oi amgos, hoje vou flar de mais um grande enredo criado pela talentosa Rebecca Donovan. Convido vocês a conhecerem a história de 4 amigos: Rae, Nicole, Richelle e Carl. Com vocês, E Se For Você?

E Se For Você? - Rebecca Donovan
416 páginas - Editora Globo Alt
Cal e Rae são amigos desde criança. São os únicos remanescentes de uma amizade que envolvia também Richelle e Nicole. Mas desde o ensino médio, após Richelle se mudar para outro lugar e Nicole passar a fingir que não os conhecia, a amizade com elas esfriou para como se nunca houvessem sido amigos. 
Cal e Richelle ainda chegaram a manter contato e a amizade, mas por uma razão que Cal nunca entendeu, Richelle parou de responder seus contatos.
Cal agora está na faculdade de Crenshaw, mas sua amizade com Rae continua firme e forte. Na verdade, é como se eles fossem da mesma família. Mesmo confiando a ela todos os seus segredos e sonhos, ele nunca disse que mesmo depois de todo este tempo, ele não conseguiu superar o abandono de Nicole e Richelle.
Cal está bem diferente daquela criança magricela que foi na infância. Hoje está alto e forte, atraindo facilmente os olhares femininos, mesmo sem fazer qualquer esforço para isso. Ainda assim, seus relacionamentos nunca duram muito, apesar de manter uma certa amizade com suas ex.
Nossa história começa quando justamente um destes relacionamentos está terminando, mas desta vez, por desejo da namorada Carly. Como Cal nunca gostou de confusão ou qualquer tipo de confronto, não questionou muito os motivos de Carly. 
Até porque sua atenção foi desviada para uma garota que estava fantasiada de ninja. Sem saber quem era, apenas que tinha um corpo muito atraente, ele acabou descobrindo que ela era amiga de Tess, uma garota que tinha uma certa queda por ele. Mas surpresa mesma foi quando ele descobriu que a garota ninja era na verdade Nicole...
Bem, na verdade não era Nicole, e sim Nyelle, ou foi assim que se apresentou. Totalmente confuso, Cal não entende porque Nicole estava dizendo ser outra pessoa, e o engraçado de tudo isso, era que ela realmente parecia ser outra pessoa. Mas como explicar isso? Tudo em Nyelle o fazia lembrar de Nicole, mas suas atitudes eram totalmente diferentes daquela menina que ele conheceu na infância. 
Nicole foi uma criança privada de ser criança. Seus pais exigiam dela nada mais que a perfeição. Seus únicos momentos de alegria era quando estava na companhia de seus amigos. A garota que Cal estava conhecendo era uma alma livre, cheia de vida e livre de pressões. 
Aos poucos ele começava a perceber que por baixo desta alegria existia na verdade muita dor. Nyelle, era uma garota misteriosa, que nunca dizia claramente as coisas. E cada dia que passava, Carl se via mais envolvido com ela. Na verdade, ele nunca esqueceu o amor que nutria por Nicole e mesmo Nyelle sendo tão diferente psicologicamente o amor que sentia por Nicole, era agora de Nielly.
Ele não entendia muito esta loucura, mas seja lá o que estava acontecendo, ele queria proteger Nyelle, mas também queria saber a verdade sobre Nicolle.  
As duas seriam de fato a mesma pessoa? Seriam Irmãs gêmeas que foram separadas? Que história louca havia por trás disso tudo? Ele também queria a verdade do que ocorrera com Richelle, os motivos que a levaram a se afastar dele e de Rae.
Ele e Rae mereciam e precisavam da verdade. Eles só não concordavam em como chegariam a tais fatos. Carl não queria fazer nada que pudesse afastar Nyelle/ Nicole novamente, mas há um momento da vida em que você precisa enfrentar seus medos, pois eles podem envenenar seu futuro para sempre.
Incrível! Mais uma vez me rendo as nuances criadas pela Rebecca Donovan. Este ano eu tive o prazer de conhecer a série Breating e virei fã da autora, e neste livro, ela ratificou porque me conquistou.
Dos quatro amigos narrados no livro Nicole era a criança que mais tinha problemas. Mas estes problemas não eram facilmente notados. Por baixo daquela fachada perfeita, de uma pessoa linda, inteligente e feliz, havia muita pressão. A família de margarina era somente da porta para fora, pois dentro de casa as coisas eram bem diferentes. Ela e a mãe pisavam em ovos, e com pouca idade, Nicole não entendia muito os motivos da crueldade e frieza de seu pai, nem porquê sua mãe aceitava tais fatos.
Cal se apaixonou por Nicole assim que a conheceu. De início era aquela paixão infantil, sem grandes consequências, ainda mais para uma criança tímida como ele. Já Richelle, sempre foi de falar o que pensa. Muito corajosa, não tinha medo de mostrar seus sentimentos. Ela praticamente adotou Nicole para si, e como ela e Rae vivam discutindo, foi Nicole quem conquistou o posto de melhor amiga. Em relação a Cal, ela não escondia a queda que tinha pelo garoto. E como toda imaginação fértil que uma garota era capaz de ter, já dizia que os dois se casariam e que ele era seu namorado. Fato que Cal nunca e importou em negar. 
Por isso, quando Richelle se mudou e depois cortou qualquer contado com ele, foi um baque descobrir que ele significava muito pouco para ela. Na sequência ainda veio o golpe da Nicole desdenhar da amizade dele e da Rae. Foram dois duros golpes que ele nunca se recuperou completamente. 
Mesmo sem entender as atitudes de Nicole, ele nunca conseguiu tirar aquela linda menina de olhos azuis do coração. E sempre pensou no que teria acontecido a ela depois da formatura, já que ninguém da cidade voltou a ouvir falar dela. Mesmo sua turma esnobe da escola. Era como se ela nunca tivesse existido.
O livro é dividido em dois tempos: presente e passado. O presente é narrado por Cal, já o passado, é narrado pela Nicole e pela Richelle. É justamente esta narrativa, de ambas as garotas que deixaram Cal, que leva o leitor a entender o que acontece no presente. O passado é narrado desde o aparecimento de Nicole, até os dias mais recentes, onde enfim o leitor descobre toda a verdade sobre as duas garotas. 
Enquanto o leitor vai juntando as peças através desta narrativa paralela, Cal vai tentando vencer as barreiras de Nyelle para descobrir se ela é ou não a Nicole. E sendo a Nicole, porquê ela assumiu uma nova identidade.
Em uma narrativa carregada de sentimentos, é impossível não se comover com a jornada destes jovens. Amizade, lealdade, superação, amor, perda, encontros e desencontros, tudo está narrado de uma forma que não deixa o leitor ficar muito tempo longe do livro. Não deixe de conhecer a história deste  grupo de amigos.
Quer conhecer sobre o outro trabalho da autora? Clique abaixo e confira:
#1 Uma Razão para Respirar
#2 Quase Sem Respirar
#3 Eu Escolhi Respirar
*Este livro foi presente da editora.
a Rafflecopter giveaway

#Resenha E Se For Você?

Oi amgos, hoje vou flar de mais um grande enredo criado pela talentosa Rebecca Donovan. Convido vocês a conhecerem a história de 4 amigos: Rae, Nicole, Richelle e Carl. Com vocês, E Se For Você?

E Se For Você? - Rebecca Donovan
416 páginas - Editora Globo Alt
Cal e Rae são amigos desde criança. São os únicos remanescentes de uma amizade que envolvia também Richelle e Nicole. Mas desde o ensino médio, após Richelle se mudar para outro lugar e Nicole passar a fingir que não os conhecia, a amizade com elas esfriou para como se nunca houvessem sido amigos. 
Cal e Richelle ainda chegaram a manter contato e a amizade, mas por uma razão que Cal nunca entendeu, Richelle parou de responder seus contatos.
Cal agora está na faculdade de Crenshaw, mas sua amizade com Rae continua firme e forte. Na verdade, é como se eles fossem da mesma família. Mesmo confiando a ela todos os seus segredos e sonhos, ele nunca disse que mesmo depois de todo este tempo, ele não conseguiu superar o abandono de Nicole e Richelle.
Cal está bem diferente daquela criança magricela que foi na infância. Hoje está alto e forte, atraindo facilmente os olhares femininos, mesmo sem fazer qualquer esforço para isso. Ainda assim, seus relacionamentos nunca duram muito, apesar de manter uma certa amizade com suas ex.
Nossa história começa quando justamente um destes relacionamentos está terminando, mas desta vez, por desejo da namorada Carly. Como Cal nunca gostou de confusão ou qualquer tipo de confronto, não questionou muito os motivos de Carly. 
Até porque sua atenção foi desviada para uma garota que estava fantasiada de ninja. Sem saber quem era, apenas que tinha um corpo muito atraente, ele acabou descobrindo que ela era amiga de Tess, uma garota que tinha uma certa queda por ele. Mas surpresa mesma foi quando ele descobriu que a garota ninja era na verdade Nicole...
Bem, na verdade não era Nicole, e sim Nyelle, ou foi assim que se apresentou. Totalmente confuso, Cal não entende porque Nicole estava dizendo ser outra pessoa, e o engraçado de tudo isso, era que ela realmente parecia ser outra pessoa. Mas como explicar isso? Tudo em Nyelle o fazia lembrar de Nicole, mas suas atitudes eram totalmente diferentes daquela menina que ele conheceu na infância. 
Nicole foi uma criança privada de ser criança. Seus pais exigiam dela nada mais que a perfeição. Seus únicos momentos de alegria era quando estava na companhia de seus amigos. A garota que Cal estava conhecendo era uma alma livre, cheia de vida e livre de pressões. 
Aos poucos ele começava a perceber que por baixo desta alegria existia na verdade muita dor. Nyelle, era uma garota misteriosa, que nunca dizia claramente as coisas. E cada dia que passava, Carl se via mais envolvido com ela. Na verdade, ele nunca esqueceu o amor que nutria por Nicole e mesmo Nyelle sendo tão diferente psicologicamente o amor que sentia por Nicole, era agora de Nielly.
Ele não entendia muito esta loucura, mas seja lá o que estava acontecendo, ele queria proteger Nyelle, mas também queria saber a verdade sobre Nicolle.  
As duas seriam de fato a mesma pessoa? Seriam Irmãs gêmeas que foram separadas? Que história louca havia por trás disso tudo? Ele também queria a verdade do que ocorrera com Richelle, os motivos que a levaram a se afastar dele e de Rae.
Ele e Rae mereciam e precisavam da verdade. Eles só não concordavam em como chegariam a tais fatos. Carl não queria fazer nada que pudesse afastar Nyelle/ Nicole novamente, mas há um momento da vida em que você precisa enfrentar seus medos, pois eles podem envenenar seu futuro para sempre.
Incrível! Mais uma vez me rendo as nuances criadas pela Rebecca Donovan. Este ano eu tive o prazer de conhecer a série Breating e virei fã da autora, e neste livro, ela ratificou porque me conquistou.
Dos quatro amigos narrados no livro Nicole era a criança que mais tinha problemas. Mas estes problemas não eram facilmente notados. Por baixo daquela fachada perfeita, de uma pessoa linda, inteligente e feliz, havia muita pressão. A família de margarina era somente da porta para fora, pois dentro de casa as coisas eram bem diferentes. Ela e a mãe pisavam em ovos, e com pouca idade, Nicole não entendia muito os motivos da crueldade e frieza de seu pai, nem porquê sua mãe aceitava tais fatos.
Cal se apaixonou por Nicole assim que a conheceu. De início era aquela paixão infantil, sem grandes consequências, ainda mais para uma criança tímida como ele. Já Richelle, sempre foi de falar o que pensa. Muito corajosa, não tinha medo de mostrar seus sentimentos. Ela praticamente adotou Nicole para si, e como ela e Rae vivam discutindo, foi Nicole quem conquistou o posto de melhor amiga. Em relação a Cal, ela não escondia a queda que tinha pelo garoto. E como toda imaginação fértil que uma garota era capaz de ter, já dizia que os dois se casariam e que ele era seu namorado. Fato que Cal nunca e importou em negar. 
Por isso, quando Richelle se mudou e depois cortou qualquer contado com ele, foi um baque descobrir que ele significava muito pouco para ela. Na sequência ainda veio o golpe da Nicole desdenhar da amizade dele e da Rae. Foram dois duros golpes que ele nunca se recuperou completamente. 
Mesmo sem entender as atitudes de Nicole, ele nunca conseguiu tirar aquela linda menina de olhos azuis do coração. E sempre pensou no que teria acontecido a ela depois da formatura, já que ninguém da cidade voltou a ouvir falar dela. Mesmo sua turma esnobe da escola. Era como se ela nunca tivesse existido.
O livro é dividido em dois tempos: presente e passado. O presente é narrado por Cal, já o passado, é narrado pela Nicole e pela Richelle. É justamente esta narrativa, de ambas as garotas que deixaram Cal, que leva o leitor a entender o que acontece no presente. O passado é narrado desde o aparecimento de Nicole, até os dias mais recentes, onde enfim o leitor descobre toda a verdade sobre as duas garotas. 
Enquanto o leitor vai juntando as peças através desta narrativa paralela, Cal vai tentando vencer as barreiras de Nyelle para descobrir se ela é ou não a Nicole. E sendo a Nicole, porquê ela assumiu uma nova identidade.
Em uma narrativa carregada de sentimentos, é impossível não se comover com a jornada destes jovens. Amizade, lealdade, superação, amor, perda, encontros e desencontros, tudo está narrado de uma forma que não deixa o leitor ficar muito tempo longe do livro. Não deixe de conhecer a história deste  grupo de amigos.
Quer conhecer sobre o outro trabalho da autora? Clique abaixo e confira:
#1 Uma Razão para Respirar
#2 Quase Sem Respirar
#3 Eu Escolhi Respirar
*Este livro foi presente da editora.
a Rafflecopter giveaway

Editoras Parceiras