#Resenha Rush Sem Limite

Oi amigos, hoje tem uma resenha bem hot para vocês e principalmente para os fãs da saga Rosemary Beach da Abbi Glines. Espero que vocês gostem, mas não se esqueçam:
Somente para maiores de 18 anos.

Rush Sem Limites - vol.4 da série Sem Limites - Abbi Glines
192 páginas - Editora Arqueiro
Em "Rush Sem Limites", Abbi nos mostra os acontecimentos desde o dia em que Rush conhece Blaire, só que desta vez pelo ponto de vista dele.
Para quem não leu o conhece a série, um breve resumo: Rush é filho único do badalado roqueiro Dean Finlay da famosa banda de rock Seacker Demon. Mas por parte de mãe, ele tem mais dois irmãos, Grant e Nan.
Grant é seu melhor amigo, e foi por influência dele que Rush não se tornou um babaca mauricinho. Em compensação, Nan é como se fosse sua filha. Ela cresceu sem pai, e a mãe de ambos, que nunca fez o gênero maternal, fazia a caveira do pai de Nan, dizendo que ele a havia preterido em favor de suas outras filhas. Rush é quem segurava as pontas e fazia todo o possível para agradar Nan, o que acabou gerando um verdadeiro monstro, mimada e egoísta, querendo sempre ser o centro o universo.
E o que isso tem haver com a Blaire? Tudo! Elas são irmãs por parte de pai, e Nan tem um ódio mortal dela, pois segundo cresceu acreditando, a mãe de Blaire, ela e a irmãs eram as culpadas do pai não aceitar Nan.
Toda a confusão começa quando Blaire aparece na casa de Rush. A mãe dela acabara de morrer e o pai prometera lhe ajudar até ela arranjar um emprego e se virar sozinha.Obviamente nada disso aconteceu e sobrou para o Rush. Se não bastasse esta confusão, Rush estava completamente atraído por Blaire, e a proximidade dos dois aos poucos foi mostrando para ele quem era a verdadeira Blaire.
Ele percebeu que toda a raiva que foi plantada nele e na irmã durante a vida, era uma mentira. Agora o que fazer diante deste amor que nasceu entre eles?
Com muitos problemas, segredos e desavenças para enfrentarem, será que o amor entre eles será forte o suficiente para sobreviver a tantas tormentas e ao furacão chamado Nan?
Para quem gosta do gênero, como eu, é um bom livro. A escrita da Abbi continua deliciosa, simples, envolvente e atual. Agora para quem já tinha lido os outros 3 volumes (Paixão Sem Limites, Tentação Sem Limites e Amor Sem Limites) anteriores do casal, posso afirmar que não tem nada de novo ou diferente, resumindo, nada a acrescentar ao enredo já conhecido. Pelo menos eu achei, apesar de ter gostado.
Aproveitem para fazer o download de um trecho do livro.
Vocês podem conhecer um pouco melhor a ordem cronológica da saga:
*Livro que recebi de cortesia da editora.
a Rafflecopter giveaway

10 comentários:

  1. era um livro pelo qual eu não dava nada, mas estou cada vez mais curiosa pela trama
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Você chegou a ler os outros?
      Bjs,Rose.

      Excluir
  2. Eu admito que o livro não me atrai muito ou então seus antecessores, apesar de conhecer gente que amaria ler esse. O gênero simplesmente não faz o meu tipo, então costumo fugir de livros como esse. Mas quem sabe algum dia saio da minha zona de conforto.
    Abraços

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Clarice, esquecendo um pouco do gênero, a autora sabe contar uma história.
      Bjs,Rose.

      Excluir
  3. Oi Rose!
    Eu adoro os livros dessa mulher, não consigo enjoar!
    Bjks!
    http://www.historias-semfim.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu também. Ela sabe como contar uma história.
      Bjs,Rose.

      Excluir
  4. Rose!
    Ganhei esse livro e apesar de não ter os outros ainda, estou animada pela leitura.
    Adorei saber um pouco mais.
    “Não existe um caminho para a felicidade. A felicidade é o caminho.”(Mahatma Gandhi)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    Participe no nosso Top Comentarista!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não tem problema amiga.É como se estivesse lendo o primeiro volume,só que do ponto de vista dele.
      Bjs,Rose.

      Excluir
  5. Oi Amiga,
    Poxa agora fiquei preocupada, pensei que mesmo não tendo nada de novo, fosse diferente ler pela visão dele, os sentimentos dele, logo irei ler, mas fico feliz de rever os personagens que tanto gosto. Vamos ver o que acharei da leitura.

    Beijos Elis - http://amagiareal.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Elis, não achei diferente não, mas sem dúvida a escrita da Abbi continua boa.
      Bjs,Rose.

      Excluir

Olá meu amigo, deixe sua opinião, ela é sempre bem vinda. Obrigada por visitar o blog.