#Resenha O Beijo

Conheci a Danielle Steel na minha adolescência, e me tornei fã. Fazia um tempão que não lia nada dela, e acho engraçado não encontrar resenhas de seus livros. Quando ganhei este, fiquei super feliz, e agora quero dividir com vocês minha opinião dele.

O Beijo - Danielle Steel
384 páginas - Editora Record
Isabelle Forrester casou cedo com um homem que foi totalmente aprovado pelo pai. Para ele, Gordon Forrester , 17 anos mais velho que Isabelle, era o homem perfeito para proteger e cuidar de sua filha.
No início do casamento até que tudo correu bem. Isabelle seguia os pedidos de Gordon e era a esposa perfeita. Então veio Sophie, a primeira filha, e depois Theodoro, ou simplesmene Teddy, e tudo mudou.
Teddy nasceu prematuro e com sérios problemas de saúde. Os prognósticos médicos eram os piores possíveis, e Isabelle se voltou totalmente para o filho. Com isso ganhou o ressentimento do, frieza e afastamento do marido. Sophie também acabou se afastando da mãe. O mundo de Isabelle passou a se resumir a Teddy.
Mas de quatro anos pra cá, este mundo cresceu um pouco com a presença de William Robinson (Bill). Na verdade, presença é modo de dizer... Isabelle e Bill se conheceram em uma recepção dada pelo embaixador americano na França. Bill é americano e um dos homens mais influentes no cenário político americano.
Com muitas coisas em comum, eles tornaram-se amigos e passaram a conversar continuamente por telefone, pois ele morava nos E.U.A e ela na França. Ninguém imaginava ou sabia desta amizade.
Isabelle sabia tudo sobre Bill. Desde seu casamento de fachada com Cindy até as traições da esposa dele. Sabia sobre as duas filhas e da dedicação que ele tinha com o trabalho. Ela achava que ele merecia ter um casamento mais feliz.
Bill conhecia a vida cansativa, tensa e solitária que Isabelle vivia. Do constante medo que ela tinha de perder Teddy, mesmo sabendo que isso era inevitável. Ele achava revoltante a forma como Gordon a tratava.
As saídas de Isabelle era raras, por isso a euforia que ela estava sentindo pela pequena viagem que faria sozinha para Londres para a inauguração de uma exposição de arte era mais do que normal. Mas ela também sabia que não era só por isso que estava feliz e ansiosa. Bill e ela se encontrariam em Londres.
Felizmente Teddy estava bem, e ela pode viajar. Em Londres o casal de amigos aproveitaram o pouco tempo que tinham. Conversaram, foram a várias exposições, almoçaram, jantaram, dançaram e se beijaram...
Mas este simples beijo que nasceu anos antes e foi crescendo ao longo destes anos através da amizade deles, firmou-se na constatação de que eles eram almas gêmeas. Este beijo foi um divisor de águas na vida deles.
Ao sofrerem um grave acidente de carro, Bill e Isabella tem na lembrança deste único beijo a certeza de que merecem mais da vida. Acontece que para isso vão ter que antes lutarem pela própria vida, e se conseguirem passar por este estágio, terão decisões bem difíceis para serem tomadas se quiserem a felicidade a dois.
O Beijo é uma linda e delicada história de amor que nasceu na amizade sincera entre duas pessoas solitárias que se completavam.
Não é uma história com um grande mistério ou uma grande reviravolta (tá, até tem reviravolta), tão pouco com aquela paixão avassaladora e repentina. Não, O Beijo é uma história onde vamos conhecendo os personagens aos poucos e sentindo suas emoções. Uma história para ser absorvida e que nos faz ver que a vida é uma só e que nem sempre basta ouvir a voz do coração. Existem decisões que sabemos que temos que tomar, mas não quer dizer que conseguimos tomar. Uma história que toca ao coração e faz o leitor torcer pelo amor.
Então amigos, alguém já leu este livro? O que acharam?
a Rafflecopter giveaway

38 comentários:

  1. oi flor, de verdade não simpatizo muito com a autora então eu meio que corro dos livros dela
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/2015/07/resenha-o-inferno-de-gabriel.html

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É mesmo? Eu já sou o contrário.
      Bjs, Ros.e

      Excluir
  2. O que mais gosto neste livro são as cidades, a cada restaurante que os dois visitavam em Londres, eu pesquisava sobre ele e ficava encantada. É um verdadeiro tour sem sair de casa. E Bill é um homem com H maiúsculo, todo gentil e doce, da pra perceber o porquê que Isabelle se apaixona por ele. eu gostei mais desse volume do que o CALEIDOSCÓPIO , o beijo é o mais lindo, dramático e épico do mundo… ótima resenha =D

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Clarice, Bill é tudo de bom mesmo. Caleidoscópio ainda não li.
      Bjs, Rose.

      Excluir
  3. Olá, Rose.
    Apesar de os protagonistas parecerem muito bem construídos e o livro também me pareceu bem tocante, mas acho que não leria, Rose. Ao menos não agora. Até porque estou dando um tempo nas histórias de amor. rs Estou querendo um bom terror no momento.
    Quando ler, acho que gostarei do Bill.

    Desbrava(dores) de livros - Participe do nosso top comentarista de julho. Serão dois vencedores.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bill é encantador, é perceptivo o amor dele por Isabella. As cenas de ambos no hospital é tocante.Uma pena que você esteja em uma fase mais trash...
      Bjs, rose.

      Excluir
  4. Rose1
    Não li esse livro dela ainda, mas como você, fui bem fã dela no passado.
    Fico feliz que tenha gostado, porque li umas resenhas caindo de pau em cima da autora, fiquei achando até que era outra, porque me lembro que os livros dela eram maravilhosos.
    “É mais fácil obter o que se deseja com um sorriso do que à ponta da espada.”(William Shakespeare)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    Participe no nosso Top Comentarista!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sério Rudy? Mas deste livro ou do recente que foi publicado?
      Bj, Rose.

      Excluir
  5. Eu não conhecia esse livro, mas gostei bastante da abordagem da história.
    Me parece ser um romance muito bom.
    Mas eu não sou muito chegada mesmo em romances eróticos.
    Enfim...Mas espero ter a chance de conhecer essa história, porque nunca tinha lido nenhuma resenha sobre ele e gostei da maneira que voce desenvolveu seu texto. Me deixou curiosa

    http://lovereadmybooks.blogspot.com.br/2015/07/resenha-feita-de-fumaca-e-osso.html

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Silvana, este não tem nada de erótico, me desculpe se deixei que pensasse isso através da resenha.
      Bjs, Rose.

      Excluir
  6. Eu gosto de livros que vão apresentando personagens aos poucos, não conhecia essa obra e me senti entusiasmada para ler. Parece uma história sutil e interessante,.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Lilian, é uma linda história de amor, pelo menos eu achei. Acho que você iria gostar.
      Bjs,Rose.

      Excluir
  7. Oiee
    Ainda não conhecia o livro, mas parece ser romântico e encantador =]
    Gostei da dica!
    Bjs

    ResponderExcluir
  8. Li e gostei muito, tenho vários da Danielle, gosto das suas histórias.
    ronida_sindi@hotmail.com

    ResponderExcluir
  9. Olá,
    Eu nunca li nada da autora, mas quem nunca a viu, principalmente em sebos? O enredo parece bem cliche, e o tipo de história que traz aquelas reflexões sobre o amor e tudo mais. Gosto de descobrir sobre os personagens aos poucos, mas se a autora não souber conduzir, eu desisto.

    att,
    decaranasletras.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Pedro, aqui ela conduziu muito bem, não ficou chato e nem cansativo.
      Bjs, Rose.

      Excluir
  10. Oiee ^^
    Não conhecia esse livro, mas já não gostei do começo *-* não consigo engolir histórias onde o pai manda a filha casar com um cara, mesmo que tudo mude depois :/
    MilkMilks
    http://shakedepalavras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Era o costume da época, mas não foi que o pai mandou propriamente dito, ela foi pedida em casamento e ele aprovou, não foi forçado. Ela mesma quis.
      Bjs, Rose.

      Excluir
  11. A Danielle sempre arrasa né?! Esse livro ainda nao tive a oportunidade de ler, mas só pela sua resenha sei que deve ser uma trama envolvente e cheia de amor. Espero por lê-lo em breve.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Aline, é deste jeito mesmo a trama, descreveu bem.
      Bjs, Rose.

      Excluir
  12. Oi, Rose!
    Há muito tempo não leio algo dessa autora, mas lembro que foi por meio dela que passei a gostar de romances. Gosto do estilo narrativo e, lendo sua resenha, senti enorme vontade de conhecer O Beijo. Histórias de amor que começam a partir de uma amizade sempre me cativam, pois acredito que para haver real felicidade é preciso haver respeito mútuo, diálogo, lealdade, empatia e, claro, deve-se conhecer um ao outro – todos valores de uma boa amizade. Enfim, gostei muito da resenha e anotei a dica.

    Beijos!
    http://www.myqueenside.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Fran, concordo contigo. A amizade é a verdadeira base do amor, e estes dois personagens mostram muito bem isso.
      Bjs, Rose.

      Excluir
  13. Oi, Rose! Que história linda! Nunca li nada da Daniele Steel, mas sua resenha me convenceu. Amo romances e esse deve ser emocionante. Adorei a premissa, o modo como os dois se encontraram e relacionaram até se darem conta de que são almas gêmeas. Assim que puder, farei a leitura. Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Camila, o enredo é muito bonito mesmo, as coisas acontecem devagar e com calma, mas sem chatice para o leitor.
      Bjs, Rose.

      Excluir
  14. Oi Flor!

    Não sei se gostaria de ler a obra. A premissa é ´boa, mas não estou no momento de apreciar

    Beijos
    http://www.amorliterariooriginal.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Uma pena Fernanda, mas acontece.
      Bjs, Rose.

      Excluir
  15. Olá... tudo bem???
    Bom eu achei a construção dos personagens bem feitos... parece que a autora sabe desenvolver isso muito bem, porém eu não me interessei pela leitura... ela não me cativou... na verdade não me convenceu muito... nesse momento eu não leria... xero!

    ResponderExcluir
  16. Olá, tudo bem?

    Sabe o que mais gostei de toda a premissa da história que você apresentou? É o fato que ficou claro na sua resenha de que, o amor surgiu aos poucos, não foi aquela coisa de "Lhe vi agora, mas o amo como se você fosse o ar que respiro e sem não posso viver!". Acho isso muito bacana,mesmo! Uma construção lenta, parece mais verdadeira, sabe? Não conhecia o livro e nem a autora, mas gostaria de ler, sim!

    Beijo!
    Ana.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Ana, foi aos poucos mesmo, e de uma forma muito bonita, gostosa de se ver.
      Bjs, Rose.

      Excluir
  17. Tão bom esses livros que se desenvolvem paulatinamente, nada arrebatador, mas dando a conhecer cada personagem. Sinceramente parece uma história linda!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É linda mesmo, fiquei encantada com os personagens.
      Bjs, Rose.

      Excluir
  18. Oi Rose!
    Li poucos livros da autora mas gosto dela, acho suas histórias bem envolventes, conseguimos sentir o drama dos personagens e ficamos torcendo por uma solução ou outra... alguns aspectos desse enredo me lembraram do livro "Acidente" da mesma autora, se quiser conferir a resenha, o link é esse: http://www.arquivopassional.com/2012/12/resenha-acidente-de-danielle-steel.html
    Beijos... Elis Culceag. * Arquivo Passional *

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Elis é tão difícil ler resenha dela, vou lá ver sim.
      Bjs,Rose.

      Excluir
  19. Olá Rose!
    Eu não conhecia a autora e nem o livro. Mas só pela sua resenha fiquei encantada. Fiquei com raiva de Gordon por ter deixado de lado sua esposa e filho na horas que eles mais precisavam. E fiquei muito curiosa pra saber se Bill e Isabella vão conseguir viver esse grande amor.
    Dica anotada.
    Beijinhos!
    http://eraumavezolivro.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Suelen, Gordon é um grande cretino, nossa , fiquei com raiva dele desde o início.
      Bjs, Rose.

      Excluir

Olá meu amigo, deixe sua opinião, ela é sempre bem vinda. Obrigada por visitar o blog.