#Resenha Príncipe Serpente #3/3

Oi amigos, hoje finalizo a Trilogia dos Príncipes da Elizabeth Hoyt. Espero que gostem!
Príncipe Serpente - #3 Trilogia dos Príncipes - Elizabeth Hoyt
364 páginas - Editora Record
Simon foi deixado para morrer em uma estrada de uma pequena cidade do interior de Londres. Só não morreu porque foi achado a tempo por Lucy.
Mesmo contra a vontade do pai, ela o levou para casa e cuidou dele incansavelmente. Simon acabou se recuperando e ficou encantado por Lucy, ainda mais por ela não ter nenhum interesse em seu título. Mas o pai dela deixou bem claro sua insatisfação não só com a presença dele em sua casa, como com ele próprio.
Simon tinha que concordar com ele, pois suas mãos estavam bem sujas, mesmo que esta sujeira fosse por conta da vingança pelo assassinato de seu irmão. A cada passo em sua vingança, ele perdia um pouco de si mesmo, um preço que ele estava disposto a pagar para concluir sua vingança.
Para piorar, os mesmos homens que mataram seu irmão, chegaram muito perto de matá-lo também, e não estavam dispostos a ficarem parados enquanto Simon os caçava. Com isso, Lucy passou a ser um alvo ou mesmo um meio para atingi-lo.
Lucy estava completamente apaixonada por Simon, e disposta a salvá-lo de si mesmo. Mas seria o amor dela forte o suficiente para resistir ao lado negro que Simon insistia em esconder dela? Seria o amor mais forte que a vingança?
A escrita da autora continua boa, mas o enredo em si foi o que menos gostei da trilogia. Talvez por ter me envolvido menos com ele. Mas de forma geral, a série vale sim a pena ser lida.

Perdeu as resenha dos livros anteriores? Então clique abaixo e leia!


#Resenha Príncipe Serpente #3/3

Oi amigos, hoje finalizo a Trilogia dos Príncipes da Elizabeth Hoyt. Espero que gostem!
Príncipe Serpente - #3 Trilogia dos Príncipes - Elizabeth Hoyt
364 páginas - Editora Record
Simon foi deixado para morrer em uma estrada de uma pequena cidade do interior de Londres. Só não morreu porque foi achado a tempo por Lucy.
Mesmo contra a vontade do pai, ela o levou para casa e cuidou dele incansavelmente. Simon acabou se recuperando e ficou encantado por Lucy, ainda mais por ela não ter nenhum interesse em seu título. Mas o pai dela deixou bem claro sua insatisfação não só com a presença dele em sua casa, como com ele próprio.
Simon tinha que concordar com ele, pois suas mãos estavam bem sujas, mesmo que esta sujeira fosse por conta da vingança pelo assassinato de seu irmão. A cada passo em sua vingança, ele perdia um pouco de si mesmo, um preço que ele estava disposto a pagar para concluir sua vingança.
Para piorar, os mesmos homens que mataram seu irmão, chegaram muito perto de matá-lo também, e não estavam dispostos a ficarem parados enquanto Simon os caçava. Com isso, Lucy passou a ser um alvo ou mesmo um meio para atingi-lo.
Lucy estava completamente apaixonada por Simon, e disposta a salvá-lo de si mesmo. Mas seria o amor dela forte o suficiente para resistir ao lado negro que Simon insistia em esconder dela? Seria o amor mais forte que a vingança?
A escrita da autora continua boa, mas o enredo em si foi o que menos gostei da trilogia. Talvez por ter me envolvido menos com ele. Mas de forma geral, a série vale sim a pena ser lida.

Perdeu as resenha dos livros anteriores? Então clique abaixo e leia!


Editoras Parceiras