#Resenha Mundo Sem Fim

Vou começar dizendo que minha primeira experiência com Ken Follet foi pra lá de satisfatória. Mundo Sem Fim me deixou pregada em suas páginas até o término da leitura, e tenho certeza que será assim com vocês também! 
Mundo Sem Fim - Ken Follett
1136 páginas - Editora Arqueiro
Estamos na Inglaterra do século XIV, e posso afirmar que ser mulher e pobre nesta época era um pesadelo!
Gwenda é um bom exemplo disso. Filha de um trabalhador rural sem terras próprias, logo cedo aprendeu a roubar para que sua família não passasse tanta fome. Seu pai foi seu professor, e quando não correspondia, ela sabia que o castigo seria ainda pior, só perdendo para a própria fome.
No dia 1º de novembro de 1327, aos 8 anos, ela e sua família estavam reunidos na Catedral de Kingsbridge para a celebração do Dia de Todos os Santos. Na lotada Catedral, ela conheceu Caris, uma menina rica e gentil, filha de Edmund, um dos mais prósperos comerciantes locais.
Juntas elas conhecem Merthin, com 11 anos e Ralph, com 10 anos. Merthin e Ralph são filhos de Sir Gerald, um cavaleio que acabou sendo rebaixado e obrigado a viver da caridade dos monges do Priorado de Kingsbridge. Uma vergonha sem tamanho para o bravo cavaleiro.
Apesar de Ralph ser o mais novo, era ele que detinha o talento das armas e por conta disso foi designado para ser um cavaleiro a serviço do Rei anos mais tarde. Já Merthin, que aparentemente não tinha muitos talentos, recebeu ordens de se tornar um aprendiz de carpinteiro. Mais uma vergonha, do ponto de vista de seu pai.
Estas 4 crianças resolveram  brincar na floresta e acabaram sendo testemunhas de um crime. Ciente de que se descobrissem sobre eles, se meteriam em apuros, firmaram um pacto de nunca revelar aqueles fatos para ninguém. Acontece que Gwenda, Caris e Ralph, não imaginavam que Merthin foi o único que testemunhou um segredo que colocava a vida de todos em perigo, e poderia mudar a História da Inglaterra.
Dez anos depois do começo da nossa história, aos 21 anos, Merthin está quase terminando seu aprendizado em carpintaria. Apesar disso, já é notório que mesmo novo e ainda não formado, seu talento supera e muito o do seu mestre Elfric, que nutre muitos ressentimentos sobre isso.
Caris tornou-se o braço direito do pai. Com uma mente rápida , ela está sempre tendo ideias para que a cidade evolua. Mas sendo mulher, muito do que é dito é levado pelo vento. Ela e Merthin mantém um namoro as escondidas.
Ralph agora era escudeiro do Conde Roland, e sua natureza fria, cruel e mesquinha estava mais acentuada do que nunca. Ele nutria um amor secreto por Phillippa, esposa de William, um dos filhos do conde.
Gwenda que se matava de trabalhar nas plantações, ou em qualquer lugar que aparecesse nutria um amor não correspondido por Wulfric, que era comprometido com Anete, uma piriguete fútil da época.
O encontro entre Wulfric e Ralph acabou selando uma rixa que persistiria por vários anos e que estaria para sempre ligando e afetando a vida não só deles, como a de Gwenda.
Kingsbridge estava vivendo um impasse. Com a mente tacanha de seu Prior, a cidade sofria com a falta de investimentos, fazendo com que seus cidadãos sofressem as maiores consequências.
Edmund e Caris, os maiores representantes do comercial local vivam batendo de frente com o Prior Anthony (irmão de Edmund), mas não conseguiam muitos avanços, pois todo o poder era dado à Igreja, e neste caso, a Anthony. 
Mas um trágico acidente põem a s engrenagens do destino a andarem e a luta pelo poder estava apenas começando... Na surdina e prometendo mudanças nas diretrizes do Priorado, Godwin (sobrinho de Edmund) tomou o lugar de seu tio, tornando-se o novo Prior de Kingsbridge. Com o auxílio de Philemon (irmão de Gwenda), que queria ser monge, ele conseguiu o poder que tanto desejava. Como todo bom político suas promessas eram apenas palavras bonitas, e em pouco tempo todos notaram que o priorado continuava engessando o progresso da cidade, atento apenas a seus próprios interesses.
Merthin que travava uma batalha pessoal contra Elfric, foi um dos que mais sofreu com o poder de Godwin, quando em um golpe de mestre ele acabou simultaneamente com dois sonhos dele. De mãos atadas e sem muitas opções, Caris tenta se adaptar a sua nova vida, e da forma que pode, luta contra a sede de poder que está destruindo sua amada cidade.
Ralph tem em suas mãos a vida de Wulfric e com a maior crueldade tira o que lhe é mais sagrado. Wulfric vai ao fundo do poço, mas Gwenda não sai do seu lado, provando toda a força de seu amor. Em um gesto desesperado, que mais tarde vai lhe custar caro, ela acaba caindo em mentiras, e vê comprovado mais uma vez que neste mundo quem manda mesmo é o dinheiro.
Quando um pouco de justiça parece ser possível, eis que uma guerra é declarada e muitas mudanças ocorrem. Já não bastassem os problemas gerados por uma guerra, a população ainda vai sofrer com os efeitos da praga, uma doença que levará muitas vidas, sem fazer distinções.
Na reta final da nossa história, Merthin resolve voltar com sua filha Lolla para Kingsbridge. Rico e muito reconhecido por suas construções, ele tem na cidade dois projetos inacabados.
Apesar de uma boa parte de sua vida dirigida em ajudar a população de Kingsbridge, Caris é mais uma vez vítima o preconceito e do machismo. Ela está a um passo de tomar uma decisão importantíssima, que poderá trazer de volta uma história tantas vezes interrompida.
Ralph e Wulfric estão novamente frente a frente, tendo Ralph alcançado todos os seus objetivos, menos o de dobrar o Wulfric. Mas ele tem o poder de decisão e fará Wulfric pagar muito caro por todos os anos de sua vida. Ele só não esperava que Gwenda tivesse uma carta na manga, fazendo com que sua vingança fosse um tiro no próprio pé, e que isso resultaria na sua tão merecida derrocada.
As coisas estavam se encaminhando para um final feliz, mas Philemon ainda tinha uma jogada. Agora só a inteligência do nosso Merthin poderá reverter esta situação, e fazer com que a cidade de Kingsbridge possa crescer em paz.
Vocês podem imaginar a quantidade de informações contidas em um livro com mais de mil páginas não é mesmo? Mas espero ter conseguido dar um apunhado geral de todo o enredo. Só posso dizer que os fatos foram magistralmente amarrados ao longo dos anos. As coisas vão acontecendo conforme nossos 4 personagens principais vão crescendo e trilhando seus caminhos. São 4 fortes personagens que enriqueceram a história.
Caris é uma mulher a frente de seu tempo. Uma guerreira que não aceitava o fato de ser apenas uma mulher, e que muitas vezes teve que negar os próprios desejos para seguir em frente. Talvez por isso tenha sofrido tanto nas mãos dos anseios e jogos políticos da Igreja.
Gwenda tinha tudo para ser mais uma mulher pobre com uma renca de filhos, mas ela não se conformou com este destino, e foi atrás do que queria. Sofreu, e muito, mas conquistou o amor de Wulfric.
Ralph era o mais cruel de todos, capaz de atos covardes. Nutria um sentimento de amor e ódio por seu irmão, e não tinha a menor ideia que justamente o lado que sempre fez pouco caso do irmão, foi justamente o lado que conquistou o que ele mais desejava.
Merthin é um doce. Sereno, inteligente, bondoso e leal, faz tudo o que está a seu alcance para ajudar a todos. Mesmo as trombadas que levou da vida não foram capazes de endurecer seu coração.
Um enredo maravilhoso que eu recomendo. Aviso também para não se assustarem com o tamanho do livro, que aliás, a editora inteligentemente dividiu em dois volumes únicos vendidos em conjunto dentro de um box. Ao longo da leitura não sentimos a quantidade de páginas. 

No início do livro temos um mapa para entendermos melhor onde tudo se localiza:
Vou aproveitar e deixar o bokk trailer do livro:
Eu fiquei sabendo que o livro deu origem a uma série, ao qual pretendo assistir. Mas pelo que pude ver no trailer, está um pouco diferente do livro. Mesmo assim, deixo com vocês o vídeo:
a Rafflecopter giveaway

#Resenha Mundo Sem Fim

Vou começar dizendo que minha primeira experiência com Ken Follet foi pra lá de satisfatória. Mundo Sem Fim me deixou pregada em suas páginas até o término da leitura, e tenho certeza que será assim com vocês também! 
Mundo Sem Fim - Ken Follett
1136 páginas - Editora Arqueiro
Estamos na Inglaterra do século XIV, e posso afirmar que ser mulher e pobre nesta época era um pesadelo!
Gwenda é um bom exemplo disso. Filha de um trabalhador rural sem terras próprias, logo cedo aprendeu a roubar para que sua família não passasse tanta fome. Seu pai foi seu professor, e quando não correspondia, ela sabia que o castigo seria ainda pior, só perdendo para a própria fome.
No dia 1º de novembro de 1327, aos 8 anos, ela e sua família estavam reunidos na Catedral de Kingsbridge para a celebração do Dia de Todos os Santos. Na lotada Catedral, ela conheceu Caris, uma menina rica e gentil, filha de Edmund, um dos mais prósperos comerciantes locais.
Juntas elas conhecem Merthin, com 11 anos e Ralph, com 10 anos. Merthin e Ralph são filhos de Sir Gerald, um cavaleio que acabou sendo rebaixado e obrigado a viver da caridade dos monges do Priorado de Kingsbridge. Uma vergonha sem tamanho para o bravo cavaleiro.
Apesar de Ralph ser o mais novo, era ele que detinha o talento das armas e por conta disso foi designado para ser um cavaleiro a serviço do Rei anos mais tarde. Já Merthin, que aparentemente não tinha muitos talentos, recebeu ordens de se tornar um aprendiz de carpinteiro. Mais uma vergonha, do ponto de vista de seu pai.
Estas 4 crianças resolveram  brincar na floresta e acabaram sendo testemunhas de um crime. Ciente de que se descobrissem sobre eles, se meteriam em apuros, firmaram um pacto de nunca revelar aqueles fatos para ninguém. Acontece que Gwenda, Caris e Ralph, não imaginavam que Merthin foi o único que testemunhou um segredo que colocava a vida de todos em perigo, e poderia mudar a História da Inglaterra.
Dez anos depois do começo da nossa história, aos 21 anos, Merthin está quase terminando seu aprendizado em carpintaria. Apesar disso, já é notório que mesmo novo e ainda não formado, seu talento supera e muito o do seu mestre Elfric, que nutre muitos ressentimentos sobre isso.
Caris tornou-se o braço direito do pai. Com uma mente rápida , ela está sempre tendo ideias para que a cidade evolua. Mas sendo mulher, muito do que é dito é levado pelo vento. Ela e Merthin mantém um namoro as escondidas.
Ralph agora era escudeiro do Conde Roland, e sua natureza fria, cruel e mesquinha estava mais acentuada do que nunca. Ele nutria um amor secreto por Phillippa, esposa de William, um dos filhos do conde.
Gwenda que se matava de trabalhar nas plantações, ou em qualquer lugar que aparecesse nutria um amor não correspondido por Wulfric, que era comprometido com Anete, uma piriguete fútil da época.
O encontro entre Wulfric e Ralph acabou selando uma rixa que persistiria por vários anos e que estaria para sempre ligando e afetando a vida não só deles, como a de Gwenda.
Kingsbridge estava vivendo um impasse. Com a mente tacanha de seu Prior, a cidade sofria com a falta de investimentos, fazendo com que seus cidadãos sofressem as maiores consequências.
Edmund e Caris, os maiores representantes do comercial local vivam batendo de frente com o Prior Anthony (irmão de Edmund), mas não conseguiam muitos avanços, pois todo o poder era dado à Igreja, e neste caso, a Anthony. 
Mas um trágico acidente põem a s engrenagens do destino a andarem e a luta pelo poder estava apenas começando... Na surdina e prometendo mudanças nas diretrizes do Priorado, Godwin (sobrinho de Edmund) tomou o lugar de seu tio, tornando-se o novo Prior de Kingsbridge. Com o auxílio de Philemon (irmão de Gwenda), que queria ser monge, ele conseguiu o poder que tanto desejava. Como todo bom político suas promessas eram apenas palavras bonitas, e em pouco tempo todos notaram que o priorado continuava engessando o progresso da cidade, atento apenas a seus próprios interesses.
Merthin que travava uma batalha pessoal contra Elfric, foi um dos que mais sofreu com o poder de Godwin, quando em um golpe de mestre ele acabou simultaneamente com dois sonhos dele. De mãos atadas e sem muitas opções, Caris tenta se adaptar a sua nova vida, e da forma que pode, luta contra a sede de poder que está destruindo sua amada cidade.
Ralph tem em suas mãos a vida de Wulfric e com a maior crueldade tira o que lhe é mais sagrado. Wulfric vai ao fundo do poço, mas Gwenda não sai do seu lado, provando toda a força de seu amor. Em um gesto desesperado, que mais tarde vai lhe custar caro, ela acaba caindo em mentiras, e vê comprovado mais uma vez que neste mundo quem manda mesmo é o dinheiro.
Quando um pouco de justiça parece ser possível, eis que uma guerra é declarada e muitas mudanças ocorrem. Já não bastassem os problemas gerados por uma guerra, a população ainda vai sofrer com os efeitos da praga, uma doença que levará muitas vidas, sem fazer distinções.
Na reta final da nossa história, Merthin resolve voltar com sua filha Lolla para Kingsbridge. Rico e muito reconhecido por suas construções, ele tem na cidade dois projetos inacabados.
Apesar de uma boa parte de sua vida dirigida em ajudar a população de Kingsbridge, Caris é mais uma vez vítima o preconceito e do machismo. Ela está a um passo de tomar uma decisão importantíssima, que poderá trazer de volta uma história tantas vezes interrompida.
Ralph e Wulfric estão novamente frente a frente, tendo Ralph alcançado todos os seus objetivos, menos o de dobrar o Wulfric. Mas ele tem o poder de decisão e fará Wulfric pagar muito caro por todos os anos de sua vida. Ele só não esperava que Gwenda tivesse uma carta na manga, fazendo com que sua vingança fosse um tiro no próprio pé, e que isso resultaria na sua tão merecida derrocada.
As coisas estavam se encaminhando para um final feliz, mas Philemon ainda tinha uma jogada. Agora só a inteligência do nosso Merthin poderá reverter esta situação, e fazer com que a cidade de Kingsbridge possa crescer em paz.
Vocês podem imaginar a quantidade de informações contidas em um livro com mais de mil páginas não é mesmo? Mas espero ter conseguido dar um apunhado geral de todo o enredo. Só posso dizer que os fatos foram magistralmente amarrados ao longo dos anos. As coisas vão acontecendo conforme nossos 4 personagens principais vão crescendo e trilhando seus caminhos. São 4 fortes personagens que enriqueceram a história.
Caris é uma mulher a frente de seu tempo. Uma guerreira que não aceitava o fato de ser apenas uma mulher, e que muitas vezes teve que negar os próprios desejos para seguir em frente. Talvez por isso tenha sofrido tanto nas mãos dos anseios e jogos políticos da Igreja.
Gwenda tinha tudo para ser mais uma mulher pobre com uma renca de filhos, mas ela não se conformou com este destino, e foi atrás do que queria. Sofreu, e muito, mas conquistou o amor de Wulfric.
Ralph era o mais cruel de todos, capaz de atos covardes. Nutria um sentimento de amor e ódio por seu irmão, e não tinha a menor ideia que justamente o lado que sempre fez pouco caso do irmão, foi justamente o lado que conquistou o que ele mais desejava.
Merthin é um doce. Sereno, inteligente, bondoso e leal, faz tudo o que está a seu alcance para ajudar a todos. Mesmo as trombadas que levou da vida não foram capazes de endurecer seu coração.
Um enredo maravilhoso que eu recomendo. Aviso também para não se assustarem com o tamanho do livro, que aliás, a editora inteligentemente dividiu em dois volumes únicos vendidos em conjunto dentro de um box. Ao longo da leitura não sentimos a quantidade de páginas. 

No início do livro temos um mapa para entendermos melhor onde tudo se localiza:
Vou aproveitar e deixar o bokk trailer do livro:
Eu fiquei sabendo que o livro deu origem a uma série, ao qual pretendo assistir. Mas pelo que pude ver no trailer, está um pouco diferente do livro. Mesmo assim, deixo com vocês o vídeo:
a Rafflecopter giveaway

Editoras Parceiras