#Resenha Vítimas do Silêncio


Oi amigos, eis a resenha de um livro que há muito tempo eu desejava ler. Espero que gostem:

Vítimas do Silêncio - Janete Fontes
187 páginas - Editora Universo dos Livros

Margarida Esteves, a nossa "Guida" estava decidida a recomeçar a sua vida. Vítima de estupro, saiu de casa e foi morar com seus tios em Gramado. Sem coragem para revelar o mal que devorava sua alma, ela aos poucos vai se sentindo em casa e seu coração começa a se renovar de esperanças.
Aliás não é só de esperanças que o coração de Guida se enche, pois ela acaba se apaixonando por seu primo Marcos. Ele também se apaixona por Guida, mas do meio deste amor existe Olívia, a noiva de Marcos que estudava em Londres.
Fraco, Marcos acaba aceitando a pressão da família e se muda para Londres, deixando Guida para trás e sem desconfiar do drama que a menina passa ou já passou. Acontece que Guida tem coisas mais urgentes para pensar, pois seu estuprador está de volta e com novas ameças.
Guida mais uma vez por medo e vergonha foge. Desta vez seu destino é São paulo. Quando sua situação já estava beirando o desespero, ela consegue um emprego de babá. Guida seria babá de Willian, um jovem de 25 anos que ficara paraplégico a pouco tempo.
O encontro entre Willian e Guida é o início de uma grande mudança na vida dos dois. Ele que vivia revoltado com sua nova condição e mergulhado em autopiedade, aprende com Guida que por maior que seja o problema, não devemos perder a fé ou desistir de nossos sonhos.
Apesar de todo o sofrimento que lhe foi imposto, Guida não perdeu a fé e não se tornou uma pessoa amarga. Lutava diariamente pela recuperação de Willian e pela conquista de seu sonho: tornar-se uma advogada. Foi esta a forma que ela encontrou para fazer justiça.
Guida e Willian ficam muito amigos e a família de Willian junto com ele, fazem de tudo para ajudar Guida em sua caminhada. Com muitos planos em mente e seguindo em frente, eis que cai em suas mãos um caso muito parecido com o seu e de milhares de mulheres espalhadas pelo mundo. Mais uma garota fora vítima de estupro e por um parente muito próximo.
Desta vez, Guida iria usar todo o seu conhecimento para ajudar aquela menina a colocar seu estuprador atrás das grades. A coragem que ela mesma não teve em enfrentar o seu, e que agora pode pagar muito caro por isso. Seu medo, sua vergonha pode colocar em perigo pessoas que ela ama muito. Um segredo que ela guardou a sete chaves, agora precisa ser revelado, mas o preço a ser pago é muito alto e o juros cobrado pode ser ainda pior.


Não, o livro não tem cenas fortes onde você pensa, não vou conseguir ler este trecho. Na verdade, Janethe escreve tão bem e de uma forma tão simples que quando você se dá conta, o livro já está acabando.
Usando como pano de fundo um crime bárbaro que se repete diariamente e a todo instante, um inclusive pode está acontecendo neste exato momento, a autora mostra que o estupro contra a mulher não escolhe idade, raça, credo, classe social... Qualquer uma pode ser vítima desta violência animalesca. E o pior é ainda ter forças para levantar e seguir em frente, ou mesmo denunciar...
Ser marcada, apontada e até mesma acusada de ter provocado o estupro, faz muitas vítimas se calarem, e aumentarem o poder destes marginais.
Como a própria autora frisa, a estória de Guida é fictícia, mas todas nós sabemos que ela poderia sem ser bem real. Não se cale diante de um crime deste. Denuncie e seja a voz que pode faltar para quem está com medo. Olhe em volta, preste atenção a pequenos sinais e não pense duas vezes em ajudar. E caso seja você que não tenha forças suficientes para falar, lembre-se que é você a força maior que pode por fim nestas atrocidades. 



Nenhuma mulher merece passar por isso. Que nossas leis castiguem realmente aqueles que de tão horrendos conseguem ser condenados pelos próprios bandidos, pois estes marginais são verdadeiros câncer em nossa sociedade.

a Rafflecopter giveaway

47 comentários:

  1. Alessandra Tapias10/12/13

    Menina, que livro denso.

    Esse é o tipo de livro que leio com a mão no coração, mas com certeza leria.

    Me traria raiva, mas leria.

    Ódio e revolta, mas claro que leria!!

    Amei!!!

    Bjkas

    Lelê Tapias
    http://topensandoemler.blogspot.com.br/

    Ah! Por favor, vote na minha foto para o concurso cultural. Faltam 3 dias e vale 1 voto por dia. Conto com você! http://bit.ly/194R4NV

    ResponderExcluir
  2. Realmente sentimos tudo isso, mas não deixamos de ler.

    Já votei na sua voto.
    Bjs e boa sorte!
    Rose.

    ResponderExcluir
  3. Eles tem sim, e o pior é que não sei de onde sai tanta coisa. Embasbacada fico eu...
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir
  4. Oi Gabi eu que o diga... kkkk
    Bjs!
    Rose.

    ResponderExcluir
  5. Vai que funciona né...kkkk
    Bjs Rose.

    ResponderExcluir
  6. Não lembro, qual era?
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir
  7. Gladys Sena10/12/13

    Era uma empregada doméstica do programa do Tom Cavalcanti.
    Bj!

    ResponderExcluir
  8. Gladys Sena10/12/13

    Eita, Rose, que montanha russa de emoções, rs.


    Bj!

    ResponderExcluir
  9. Gladys Sena10/12/13

    Oi Rose!


    Que trama densa!
    A capa é bem forte também!


    Bj!

    ResponderExcluir
  10. Oliveira10/12/13

    Puxa vida! Rasgar as roupas e jogar... ri demais, pois vi a cena. Tenho essa mania.
    Esse livro é bem dramático, triste e profundo, sinceramente por causa de tantos livros dramáticos que li ultimamente, por agora não o leria, as vezes é bom descansar e pegar coisas mais leves para depois retornar a ler dramas.

    ResponderExcluir
  11. Oliveira10/12/13

    Rose, você ama ler um drama e bem tenso.
    Deve ser ótimo livro, gostei de tudo e ainda mais por ela se esforçar e conseguir superar, se não tudo, mas pelo menos para continuar a vida. Mas, no momento, livros de drama estão pausados.

    ResponderExcluir
  12. Oi Rose, ainda não li este livro, mas as resenhas que já li sobre ele, são sempre elogiosas. A sua resenha está muito boa, e realmente é um tema bem tenso e forte. Acho sim, que devemos falar mais sobre isto, e que devemos ter forças e coragem para ajudar qualquer mulher que passa por algo tão horrível assim. Parabéns pela resenha. Bjus
    Lia Christo
    www.docesletras.com.br

    ResponderExcluir
  13. Wow.... Fiquei sem folego com tanta emoção colocada na resenha... adoro estorias assim... A curiosidade me pegou quero conhecer essa carga dramática também... rsrsrs

    ResponderExcluir
  14. Nossa Rose tinha lido uma resenha deste livro um tempo atrás e foi bem diferente do que você escreveu, parece até outra estória. Mas, gostei bastante deste enredo, a protagonista já me conquistou só pelo força e coragem de lutar.

    ResponderExcluir
  15. adriana11/12/13

    kkkkkkkkk as fotos tb estão no face (algumas).... é que é muita coisa, dai faço pequeno p não cansar vcs c tanta coisa..... kkkkk bjssss tititi da dri

    ResponderExcluir
  16. Michelli Santos Prado11/12/13

    Olá, tudo bem??
    Quando vi este livro imaginei outro tipo de historia,mas mesmo assim acho sempre válido ler um livro de auto-ajuda, pois faz a gente pensar e refletir nas nossas atitudes.

    ResponderExcluir
  17. Michelli Santos Prado11/12/13

    Eu preciso do primeiro livro antes, é claro. Já que tenho interesse em ler, mas ainda não tive oportunidade de adquirir o primeiro volume. Em breve, creio que comprarei =)

    E as capas desta série são lindas!!

    ResponderExcluir
  18. Nana Barcellos12/12/13

    Hey

    Ah eu adoro leituras fortes, com certeza esse está na minha lista!

    Ótima resenha

    bjs
    Nana - Obsession Valley

    http://www.obsessionvalley.com/

    ResponderExcluir
  19. Oi Nana, leia sim que vale a pena.
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir
  20. Ah tá, ainda bem então, pois já viu né... cega...
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir
  21. Ela é sem dúvida uma lutadora. Leia que você vai gostar.
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir
  22. Oi Lia, infelizmente como eu disse, é fictício, mas acontece tanto que muitas vezes para mim era real. Nós devemos ter ou dar coragem para aqueles que passam por algo semelhante.
    Bjs, ROse

    ResponderExcluir
  23. Que pena Oliveira, este é muito bom. Eu gosto de um bom livro, sendo drama ou não, mas confesso que tem horas que o rosto fica que é só lágrimas...
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir
  24. É sim, a capa já diz tudo. A nova está bem mais suavizada, e apesar de ser até mais bonita, ainda prefiro esta, nua e crua.
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir
  25. E já vou avisando, você já pega o livro pronta para descobrir este segredo, mas dificilmente vai conseguir.
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir
  26. Meu marido diz que eu sou louca, kkkkk
    Eva é intensa, não tem como suavizar os sentimentos dela.
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir
  27. E foi mesmo guria, mas valeu cada subida e cada descida, e no final eu queria mais...
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir
  28. Oi Michelli são lindas mesmo, confesso que já as capas me fariam comprar, ainda bem que o conteúdo vale a pena.
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir
  29. Não me lembro, sei que quando eu pegava o trem para visitar minha tia em Osasco sempre ouvia isso.
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir
  30. Concordo contigo, uma hora a leitura vai valer a pena, pois é o momento certo.
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir
  31. Michelli Santos Prado13/12/13

    Oi Rose, criança é tudo de bom, a inocência deles é algo maravilhoso...Nada se explica, e as vezes até me pergunto:
    -Mas da onde ele tirou isso??
    Ri bastante também!!
    Beijocas ♥

    ResponderExcluir
  32. É verdade, me renovo quando vejo a inocência deles, é como se me dissessem, vamos, amanhã é outro dia, acredite!
    Bjs, Rose

    ResponderExcluir
  33. Oi Rose!
    Adorei a forma como você apresentou o livro e principalmente suas considerações. Foi bom ter frisado que a narrativa não é chocante, muitas pessoas poderiam deixar de ler por causa desse receio.
    Beijos... Elis Culceag.
    www.arquivopassional.com

    ResponderExcluir
  34. Parece ser bem interessante, mesmo sendo cansativo.
    Bom para quem quer se conhecer mais.

    ResponderExcluir
  35. Eu não sei nada da serie nem do primeiro livro, portanto não sei se acho fofo por estarem juntos ou se me desespero por Adair escapar.
    Mas pela sua resenha, lembrei um pouco de diário do vampiro.
    Estou ansiosa para ler para conhecer mais destes personagens.

    ResponderExcluir
  36. Oi Rapha, a estória é bem diferente de DV, mesmo eu só tendo lido os 4 volumes iniciais. No início eu fiquei meio com receio com o Adair, mas depois ele me conquistou.
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir
  37. Eu sei disso, por isso achei importante ressaltar isso. Forte e chocante mesmo são os fatos subentendidos e conhecidos.
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir
  38. É por isso que eu sempre digo, pode não ter sido bom para mim, mas ele certamente é bom para outra pessoa.
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir
  39. Muito interessante esse assunto. Adorei conhecer este livro e vou tentar ler e descobrir qual meu grau de apego. Beijos.

    ResponderExcluir
  40. Nossa fiquei emocionada com a história. Não li essa série, mais agora com certeza tenho que ler. Quero torcer por Adair. Beijos.

    ResponderExcluir
  41. Tânia Regina Schubert28/12/13

    Acho legal estes livros de auto ajuda, com testes para identificar a personalizada ou traços de personalidade. Geralmente fazem algum sentido e ajudam a nos entender melhor. Não servem como leitura de lazer. Abraços. \0/

    ResponderExcluir
  42. Franciele Débora29/12/13

    hmm, não gosto muito de livro de alto-ajuda mas vou ter que ler esse livro só para conhecer o meu grau de apego haha.
    Beijos.!

    ResponderExcluir
  43. Oi Rose,
    shaushau eu amoooo essa coluna, é tão perfeita que não vejo a hora do meu sobrinho começar com essas pérolas.....que você sempre tenha muitas para nos contar...bjus elis
    http://amagiareal.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  44. Oi Elis, enquanto escrevo estas colunas, fico rindo tudo de novo ao me lembrar das cenas. Aguarde, pois tenho certeza que seu sobrinho vai soltar muitas e boas pérolas.
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir
  45. Desbravadores de Livros20/7/14

    Esse livro parece diferente do que estou acostumada a ver. Mesmo tendo uma pitada de autoajuda, alguns poderiam não observar dessa forma.
    Esse negócio de separar os apegos em quatro parece um típico livro com fórmulas para ajudar alguém, não saberia ver de outra forma.

    ResponderExcluir
  46. Foi mais ou menos assim que encarei.
    Bjs, Rose

    ResponderExcluir

Olá meu amigo, deixe sua opinião, ela é sempre bem vinda. Obrigada por visitar o blog.