#Resenha Rendição #1/3

Oi amigos, hoje estou começando mais uma série, desta vez é a trilogia Surrender da Maya Banks, uma autora que eu gosto muito. Espero que gostem. 


Rendição - #1 Trilogia Surrender - Maya Banks
336 páginas - Quinta Essência
Josslyn Breckenridge (Joss) casou-se apaixonada. Carson era o amor de sua vida e apesar de feliz no casamento, ela sentia falta de duas coisas. Infelizmente por conta da infância traumática de seu marido, era impossível que este "buraco" fosse preenchido. Ela não achava certo pedir algo que deixaria seu marido infeliz, então ela aproveitava e aceitava o que tinha, sendo feliz desta forma.
E foi assim até que inesperadamente seu marido faleceu, e com ele toda sua alegria e segurança. Se não fosse sua cunhada Kyle, e seus amigos Dash, Chessy e Tate, ela não teria aguentado o baque.
Agora três anos depois, ela estava decidida a retomar sua vida e enterrar seu luto. Era hora de seguir em frente e deixar de ser um estorvo para seus amigos.
Para isso, ela tomou uma decisão que há muito martelava seus sonhos e pensamentos. Ela estava querendo dominação, uma das coisas que faltou em seu casamento, assim como filhos, que por enquanto estava arquivado.
Após muitas pesquisas, ela tornou-se sócia do The House, um clube exclusivo para pessoas que desejam realizar suas fantasias sexuais sem serem julgados por isso.
Bem na noite de sua estreia no clube, quem ela encontra por lá? Justamente Dash, o sócio e melhor amigo de seu falecido marido. O homem que a amparou neste longo luto que ela queria deixar para trás.
Dash, que após o falecimento de Carson, não só ficou responsável pela empresa, como também se fez presente sempre que Joss precisou. O que ninguém imaginava é que ele sempre foi apaixonado por Joss, justamente a única mulher que ele não poderia ter.
Dash que é um dominador, sempre usou as dependências do clube para realizar suas fantasias e para esquecer a mulher de seu melhor amigo. Ele não se conformou em encontrar com Joss no The House, pelo menos até ela lhe explicar seus desejos mais secretos.
Foi então que ele percebeu que era a chance que ele sempre sonhou e que não pensava que um dia aconteceria. Ele não deixaria Joss escapar. Se era dominação que ela queria, ele com certeza era a pessoa certa para isso. Ele só precisa fazê-la enxergá-lo além da fachada de amigo.
Mas será que os dois conseguiriam dar este passo definitivo? Não seria apenas uma aventura, mas a submissão total de Joss, uma submissão que há anos ela desejava, mas que Carson não tinha estrutura para fazer. Dash enfim terá a mulher que há aos enche seu coração? Joss vai se adaptar ao mundo da dominação/submissão? Carson será uma sombra no relacionamento dos dois?
Gosto muito dos enredos criados pela Maya Banks, e este não foi diferente. Não é o tipo de relacionamento que eu gostaria de ter, e apesar de não entender muito bem este fetiche (se é que posso chamar assim), respeito quem goste e seja adepto. Por isso, para quem for ler, é bom manter a mente aberta e fazer uma leitura sem preconceitos, pois assim, a leitura será mais prazerosa.
Quero ressaltar que engana-se que o livro seja recheado de cenas de sexo. Claro que há cenas de sexo, mas elas são poucas, e para vocês terem uma ideia, a primeira só foi acontecer no capítulo treze, lá pela página cento e trinta e três, ou seja, quase na metade do livro... Quem não gosta de palavras de baixo calão, também ficará satisfeito em saber que são bem poucas, e nem dá para levar em consideração.
Acho que a única coisa que não gostei muito foi Joss em relação a Carson. No início ela fazia umas comparações e citações que não sei como Dash aguentava. Tudo bem que ela amava o marido e estava acostumada a conversar sobre ele com Dash, mas até mesmo ela percebeu que estava passando da conta. Mas o que me irritou de fato foi ela sentir-se traída por Dash chutar o balde. Acreditem, ele demorou para fazer isso, pois qualquer um em seu lugar já teria feito isso bem antes. O pior é que ela sabia que não era a primeira vez que isso acontecia, e no caso em questão, que não cabe falar aqui, era ela quem devia uma explicação.
Fora isso, foi uma leitura rápida e fluída, com bons personagens e um enredo bem construído. Destaque para a amizade existente entre todos os personagens, tanto os principais como os secundários. Uma história que me prendeu e que recomendo para quem goste de uma leitura mais hot, desde que você leia sem preconceitos envolvidos.

Eu encontrei este book trailer na internet que quero dividir com vocês:
Esta resenha faz parte do meu Desafio Literário Gutenberg 2017, no item "Primeiro livro de uma ´serie". Quem quiser ler as outras resenhas do desafio, basta clicar abaixo:
Gostou? Então aproveita:

56 comentários:

  1. Oieee tudo bem?

    Essa é uma autora que sempre quis ler, mas que fico em dúvida... Sua resenha me deu uma animada para ler logo alguma coisa dela, amei essas quotes já fico imaginando a história ♥

    bjus

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Paloma, a autora normalmente me surpreende de forma forma com seus livros. Leia sim algo dela.
      Bjs, Rose.

      Excluir
  2. Oiii querida,tudo bem?
    Infelizmente dessa vez a obra não despertou meu interesse, mas fico feliz que tenha gostado, sua resenha ficou fantástica e o público alvo vai se interessar bastante, espero que consiga cumprir logo o projeto das leituras.
    Beijinhos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Morgs, aos pouquinhos chegou lá. falta pouco agora.
      Bjs, Rose.

      Excluir
  3. Oiee, tudo bom?
    Nunca li nada da Maya, mas pelo que você disse, parece ser uma boa autora. A premissa do livro é interessante, apesar de ter uns pontos clichês. Acho que eu leria sim esta obra, primeiro porque adoro romance e, segundo, porque eu odeio palavras de baixo calão e achei desde o começo da resenha que voce diria que tem muitas. Fico feliz que não! Parabens pela resenha!
    Beijos,
    Yasmim.

    Blog: http://literarte.blog.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Yasmim, quis ressaltar isso, pois sei que muitos não gostam. tem um trecho que a própria personagem diz não gostar de palavras deste tipo.
      Bjs, Rose.

      Excluir
  4. Fico com o pé atrás com as histórias da Maya, talvez seja porque não curto muito o tipo de romance que ela escreve..
    Esse em questão não me chamou nenhum pouco atenção, essa coisa de fetiche é meio esquisito pra mim.
    Mas por outro lado, se a narrativa dela é boa e a história convence tem que ler mesmo ;)
    Beijinhos, Helana ♥
    In The Sky, Blog / Facebook In The Sky

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Helana, não é todo mundo que gosta mesmo. Como eu disse, mesmo os que curtem um livro mais hot, precisam ler sem preconceitos.
      Bjs, Rose.

      Excluir
  5. Olá! Não conheço a obra e também faz parte de um gênero que não costumo acompanhar! Mas sua resenha ficou muito boa me deu até uma curiosidade de saber um cadinho mais sobre.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Marina, fico feliz em saber que despertei este interesse.
      Bjs, Rose.

      Excluir
  6. Oi, Rose.
    Eu adoro as histórias que Maya Banks escreve, sempre me surpreendem de um jeito ou de outro. E a escrita dela é totalmente fluída e agradável.
    Ainda não li Rendição, mas quero muito, ainda mais depois de ler suas considerações sobre a história.
    Espero ler em breve.
    Beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Aline, também sempre me surpreendo de forma positiva com os enredos dela.
      Bjs, Rose.

      Excluir
  7. Olá!
    Sua resenha ficou bem detalhada e interessante, mas, sinceramente, já li um romance dessa autora, cujo nome nem me lembro mais, e não gostei, nossa, achei muito chato e pedante, mas quem sabe um dia eu dê uma segunda chance, mas por enquanto não.
    Bjss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Andrea, ela tem vários livros, os que li até hoje gostei.
      Bjs, Rose.

      Excluir
  8. Olá!
    Já tive oportunidade de ler essa obra e não gostei. Senti que a autora meio que perdeu a linha de raciocínio da metade pro final e achei a leitura bem arrastada.
    Enfim, é uma leitura que não recomendo.
    Beijos!

    Camila de Moraes.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que pena Camila, mas acontece, e felizmente eu gostei.
      Bjs, Rose.

      Excluir
  9. Olá, sua resenha me despertou curiosidade para ler esse livro, nunca li nada dessa autora, vou procurar para ler.
    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi M., eu particularmente gosto dos enredos dela. Leia sim, vale a pena experimentar.
      Bjs, Rose.

      Excluir
  10. Adorei a resenha. Pena que é um livro que eu provavelmente não vá ler. Não gosto do gênero.
    Mas fico feliz que tenha aproveitado a leitura, e avançado no desafio.
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu estava bem curiosa com esta trilogia, acabei matando dois coelhos com um tiro só!
      Bjs, Rose.

      Excluir
  11. Oi Rose, tudo bem?
    Até hoje da Maya só li os de época mas essa é uma trilogia que eu tenho muita curiosidade de ler, adorei a tua resenha, encantadora e desperta a curiosidade em fazer a leitura, beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Kris, não li nenhum de época dela ainda, e não vejo a hora de fazer isso.
      Bjs, Rose.

      Excluir
  12. não sei se leria Rose, dei uma torcida de nariz pro enredo
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não faz muito seu gênero né?
      Bjs, Rose.

      Excluir
  13. Não muito o meu género de livro e já estou seguindo várias trilogias.
    Gostei da tua resenha :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Inês, consegui terminar algumas séries, então estou aproveitando e começando umas que ja tenho completa na estante.
      Bjs, Rose.

      Excluir
  14. OI, tudo bem? Eu achei o início bem triste...a perda do esposo, a depressão inicial...depois a história para mim tomou um rumo bem inesperado, achei isso legal, nunca li um livro desse tipo, mas quem sabe um dia eu não leia não é? Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Célia, não é tão triste como parece. Não acompanhamos a depressão ou tristeza da personagem, mas achei legal contar o início de tudo.
      Bjs, Rose

      Excluir
  15. oi tudo bem
    Então, eu não tenho nada contra o gênero e até leio livros assim, mas se for com frequência eu enjo, então vou lendo bem raramente hehe
    E confesso que esse livro não me despertou o interesse, acredito que será como outros que já li.
    Mas que bom que tu gostou da leitura!!!!
    Um grande beijo!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Todo gênero quando lemos em excesso acaba mesmo dando uma enjoada. Normalmente misturo bem as leituras para que isso não ocorra.
      Bjs, Rose

      Excluir
  16. Rose!
    Gosto muito dos romances da autora e o fato das práticas serem de BDSM, não quer dizer que pratiquemos nem gostemos, mas deve ser uma delicia de ler.
    Participo e mais tarde sairá divulgação no blog.
    RUDYNALVA CORREIA SOARES
    rudynalva@yahoo.com.br
    “A única sabedoria que uma pessoa pode esperar adquirir é a sabedoria da humildade.” (T. S. Eliot)
    Cheirinhos
    Rudy
    TOP COMENTARISTA DE JUNHO 3 livros, 3 ganhadores, participem.
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  17. Olá!! :)

    Eu não conhecia este livro ainda mas ainda bem que gostaste de fazer a leitura! Eu não a realizarei porque não gosto nada de hots...

    No entanto, acho oitmo que a leitura consiga ser tao rápida e fluida, assim como que tenha personagens tao bem construídos!

    Boas leituras!! ;)
    no-conforto-dos-livros.webnode.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Entendo sua posição e respeito.
      Bjs Rose

      Excluir
  18. Oi Rose! Esse definitivamente não é o tipo de livro que eu goste de ler. Mas que bom que a leitura tenha lhe agradado apesar de Joss ter sido um pouco irritante. Cada um tem seus gostos, não é mesmo?! Rs
    Beijos

    ResponderExcluir
  19. Olá Rose, tudo bem?
    Eu conheço a Maya de ouvir fala, por isso sou louca para ler os livros dela.
    Não conhecia esse livro e não sei se a leitura me agradaria muito. VOu arriscar para ver no que dá.
    Parabéns pela resenha e boa leitura
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Como não conhece seria uma boa oportunidade.
      Bjs Rose

      Excluir
  20. Oi.

    Eu tenho essa trilogia, comprei ano passado na Bienal, mas ainda não li. Apesar de ter lido uma outra série da autora e ter gostado muito, fico com medo de ler esse livro e acabar não gostando. Mas vou separar um tempinho para lê-lo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se já conhece a escrita e gostou da experiência, provavelmente vá gostar deste também.
      Bjs Rose

      Excluir
  21. Rose menina que resenha diva foi essa!?? Amei e já anotei o título aqui para conhecer a série.
    Gosto de livros hot, mas fico geralmente incomodada com os palavrões e fiquei empolgada qnd vc disse que eles são raros nesse livro.
    Ainda não li nada da autora, mas já anotei aqui para conferir.
    Amei a dica de verdade. Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu normalmente não me incômodo, mas sei que tem gente que não gosta, por isso sempre dou um toque a respeito.
      Bjs Rose

      Excluir
  22. Olá, tudo bem? Não li nada da autora, mas depois da sua resenha já estou correndo para achar dela HAHAHA adorei! E esse booktrailer? Socorro! Não conhecia a trilogia e fiquei bem curiosa. Ótima resenha!
    Beijos,
    diariasleituras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Carool, espero que leia e goste.
      Bjs Rose

      Excluir
  23. Não recordo de ter lido algo de Maya Banks. Para mim o enredo ficou naquele estilo bem clichê. Um passado sofrido, um dominador, paixão, sexo, a mesma receita de sempre. Sobre cenas de sexo e fetiches, para mim não é problema na literatura, pelo contrário, amo. Mas eu amo isso na literatura, mas em livros comerciais, de produção em série, não me atrai. ‘Quem não gosta de palavras de baixo calão’ isso pra mim não é problema algum, mas quando se tem estética. Eu gostei bastante do book trailer. gostei de sua resenha e gosto dos pontos que você levanta.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Lilian, desculpe se me expressei mal, mas o passado sofrido é do falecido marido dela. Os dois protagonistas tem passados "normais".
      Bjs

      Excluir
  24. muita gente me indica Banks, mas dos livros dela que tive em mãos, até agora nenhum deles me empolgou pra engatar a leitura.. com relação a esse titulo, fiquei na mesma. Mesmo ele possuindo um enredo bem construido nao me senti na vibe de ler...
    bj, Rose...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Maria, acontece, quem sabe uma hora algum te chama atenção.
      Bjs Rose

      Excluir
  25. Olá,

    Leio muitos ivros eróticos e estou sempre pesquisando por histórias novas, ouvi muitas coisas boas sobre os livros da Maya, mas nunca tive a oportunidade em conhecer sua escrita e alguma de suas histórias, infelizmente. Gostei muito da premissa desse livro e já anotei a dica aqui, assim que surgi um tempinho livro, irei correndo fazer essa leitura. Valeu pela dica!

    Beijos,
    entreoculoselivros.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que gostou Tahyenne, espero que leia e goste.
      Bjs Rose

      Excluir
  26. OLá!
    Nossa que história interessante, para ser sincera não conhecia o livro e nem a autora, mas pelo que você disse parece se tratar de uma autora muito boa, por esta razão estou bem interessada.
    Beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom, espero que leia e goste.
      Bjs Rose

      Excluir
  27. Oi Rose, tudo bem? Não conhecia a autora, ou o livro, porém fiquei bem curiosa através da sua resenha. Confesso que não faz lá muito o meu estilo de leitura, mas acredito ser sempre bom conhecer novas coisas. Adicionei a minha lista e espero poder estar realizando a leitura em breve.

    Beijos,
    www.paginasincriveis.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Júlia, concordo com você que sempre temos que tentar novos estilos.
      Bjs Rose

      Excluir
  28. Oi Rose! Não gosto dessas leituras mais hot, mesmo que a primeira cena de sexo tenha acontecido já quase na metade do livro não fiquei com vontade de ler. Essa coisa de dominação/ submissão definitivamente não entra na minha cabeça e não tenho nenhuma vontade de ler livros que tenham esse conteúdo, minha fila de leitura de coisas que realmente me interessam já beira ao infinito... Rs...

    ResponderExcluir
  29. Olá,
    Ainda não tive nenhum contato com a escrita da Maya mas sempre ouço vários elogios. Desconhecia a série e achei bem interessante a premissa que o primeiro livro apresenta.
    Com certeza Joss passou por maus bocados em meio ao luto e ter um ombro amigo com quem contar deve ter sido crucial. Estou mega curiosa para saber mais sobre as fantasias de Joss e se Dash conseguirá torna-las realidade.

    LEITURA DESCONTROLADA

    ResponderExcluir

Olá meu amigo, deixe sua opinião, ela é sempre bem vinda. Obrigada por visitar o blog.