#Resenha Eve & Adam

Já tem um tempão que estamos órfãos das resenhas feitas pela Rudy, então para mudar este cenário, resolvi começar o mês de setembro com nossa querida amiga, para isso temos Eve & Adam:


Eve & Adam - Katherine Applegate e Grant
269 páginas - Editora Novo Conceito
Evening (Eve) é filha única da geneticista Terra Spiker, conhecida por seus estudos e poderosíssima. Sofre um atropelamento e perde a perna. É transferida as pressas para o complexo Spiker, onde tem toda assistência dos ‘empregados’ da mãe e tem sua perna totalmente reconstituída com uma rapidez nunca vista e ela passa a ficar curiosa para entender o que acontece. 
Solo é um ‘apadrinhado’ da Dra. Spiker e vive no complexo há muito tempo. Sabe os segredos,os locais adequados para se esconder (porque tudo é monitorado) e tenta uma aproximação com Eve. Nunca havia sentido nada do que sente quando a vê e quer ‘aprender’ que sentimentos são esses.Solo foi o responsável pela retira da Eve do hospital e por levá-la para Spiker Biophermaceuticals, unidade de pesquisa que pertence a mãe de Eve. 
Criatividade é permitir a si mesmo cometer erros. A arte é saber quais ocultar
Quando Eve está entediada por ter de ficar no isolamento enquanto sua perna se recupera, sua mãe a designa para ser a pioneira em um novo projeto feito para estudar a genética humana. Eve poderá criar uma simulação do ser que ela acha perfeito. A criação começará do zero, onde terá de escolher: olhos, cabelos, músculos, cérebro, traços da personalidade. Eve está criando ADAM...
Brincar de Deus tem suas consequências e Eve vai descobrir que a perfeição é questionável e até que ponto a ciência é desenvolvida.
Como boa apreciadora de ficção, fiquei bem empolgada quando recebi esse livro para análise. Mexer com o genoma humano é algo delicado, porque é uma modificação perigosa e fiquei bem curiosa para ver como seria a abordagem dos autores.
Não vou dizer que me decepcionei, porque é um livro de ficção, entretanto esperava um pouco mais, um aprofundamento maior sobre a própria ficção. Ainda assim é um livro interessante e que nos faz questionar certos aspectos da tecnologia científica futurista.

-Não existe sempre - digo. - Nada persiste para sempre.
Eve cria Adam perfeito, e coloca perfeito nisso, porém ele não tem experiência, embora aprenda com facilidade. É um ser lindo, embora um tanto apático no sentido de tomar atitudes, afinal, é como um bebê que acaba de nascer.
Ao descobrir as ‘atrocidades’ que acontecem no complexo, Eve fica encurralada: entrega ou não sua mãe por tudo que acontece atrás daquelas paredes? E aí acaba se metendo em uma aventura de fuga digna dos filmes hollywodianos e com ajuda de Solo e Adam, consegue tomar uma decisão.
O livro é bom como aventura e questionamentos sobre manipular a ciência, como ficção científica deixa um pouco a desejar, como fantasia... é uma ótima leitura.Bom de ler sem grandes expectativas.
A narrativa é feita em 1ª pessoa na visão dos três protagonistas principais: Eve, Solo e Adam, mostrando o ponto de vista de cada um. A escrita é dinâmica, fluida e envolvente, mostrando alguns termos técnicos envolvidos com a computação. Os diálogos são inteligentes. Há um ou outro erro de ortográfica e concordância, nada que atrapalhe ou interfira na leitura.

Esta resenha foi feita originalmente para o blog da Rudy, o Alegria de Viver...



22 comentários:

  1. não é um enredo que me atraia, a proposta não me conquistou, por isso creio que não leria

    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Olá. Ótima resenha, Rudy. A premissa do livro não me chama muito a atenção. Não é uma leitura que me motive. Deixo passar a dica. Obrigada. Beijos.

    ResponderExcluir
  3. Oi meninas!
    Obrigada por colocarem suas opiniões.
    “Educar é semear com sabedoria e colher com paciência.” (Augusto Cury)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    TOP Comentarista de SETEMBRO com 3 livros + BRINDES e 3 ganhadores, participem!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi amiga, obrigada por dividir sua opinião com os leitores do blog.
      Bjs!

      Excluir
  4. Olá, Rudy.
    Eu prefiro livros onde a ficção científica é melhor explorada. Por isso, acredito que talvez eu não curta tanto a leitura dessa obra. Contudo, darei uma chance.

    Desbravador de Mundos - Participe do top comentarista de setembro. Serão três vencedores, cada um ganhando dois livros.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Marcos, tem horas que só lendo mesmo para saber...
      Bjs!

      Excluir
  5. Oii, esse livro foi lançado já tem um tempinho né? Faz um tempo que eu já vi esse livro.
    A historia não me atrai muito, mas parece ser interessante para quem curte.

    Abraços!
    http://lendocomobiel.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Gabriel, sim já tem um bom tempo que ele foi lançado.
      Bjs!

      Excluir
  6. Oiii Rudy, tudo bem?
    Menina confesso que eu realmente não conhecia essa obra e foi uma surpresa vê-lo aqui no seu blog e dica super anotada, adorei a dica.
    Beijinhos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Morgs, apesar de já conhecer o livro, não o li ainda
      Bjs!

      Excluir
  7. Olá Rudy...
    Eu tenho muita curiosidade para ler esse livro, acho que pelo fato de envolver a genética e a ciência em si que ele me chamou a atenção, porque normalmente eu não sou muito amiga desse gênero.
    A sua resenha está muito bem feita e explicativa, parabéns.

    beijos
    Mayara
    Livros & Tal

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Mayara, estes pontos também me chamaram atenção para o livro.
      Bjs!

      Excluir
  8. hun.. tenho a impressão ligeira de que a autora bebeu da fonte Frankenstein pra compor sua história... não de todo, mas um ou outro detalhe se assemelham com o clássico de Shelley... gosto da temática mas o enredo de Eve & Adam me pareceu mais do mesmo... nada que eu não já tenha visto antes...
    bjs...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Maria, como não li o livro ainda,, não posso dizer se é mais do mesmo, em todo o caso, entendo o que quis dizer.
      Bjs!

      Excluir
  9. Olá!
    Apesar de achar a premissa interessante, e ter gostado da questão genética, manipulação e tudo mais abordado na história, a curiosidade que a história me despertou não foi suficiente para que eu deseje ler, pelo menos não no momento.
    Beijos.

    Li
    literalizandosonhos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Aline, eu tenho interesse, mas não para agora.
      Bjs!

      Excluir
  10. A premissa da obra é muito boa, fiquei curiosa para conhecer a história. Nunca tinha ouvido falar sobre o livro ou sobre a autora, mas já anotei a sua dica. Confesso que fiquei com um pouco de pena de Adam, pois parece-me que ele é um tanto despreparado para esse mundo.

    Tatiana

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Tatiana, caso leia espero que goste.
      Bjs!

      Excluir
  11. Eu não fazia ideia que Rudy era colaboradora aqui, eu vivo acompanhando o blog dela, com todas aquelas reflexões e tal. Gostei muito da resenha, e mais ainda do enredo do livro. Essa coisa de criar um homem perfeito parece ser bastante promissor. Espero poder conferir em um futuro muito em breve.
    Um abraço!

    http://paragrafosetravessoes.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Eduarda, não acho muito promissor, pois perfeição está bem longe do ser humano, mas o livro ainda me interessa para leitura.
      A Rudy é uma amiga muito querida, e de vez em quando sai alguma resenha dela aqui.
      Bjs
      Bjs

      Excluir

Olá meu amigo, deixe sua opinião, ela é sempre bem vinda. Obrigada por visitar o blog.