#Resenha: Terra Ardente

Os cowboys do velho oeste americano estão bem no coração do Brasil, na cidade de Matarana. Convido vocês a fazerem esta viagem  protegidos pelo charmoso "xerife" Rodrigo.

Terra Ardente - vol.01 da série Matarana - Janice Diniz
399 páginas - Editora Lexia
Matarana é uma cidade fictícia no coração do Brasil, entre Manaus e o norte do Pará. Uma cidade nascida entre a luta de índios, colonos e grileiros. Maratana é cheia de conflitos por poder, terra e dinheiro, uma cidade onde as disputas não seguem as leis convencionais.
Com dois coronéis que dividem a cidade, Marau e Thales Dolejal. Entre os muitos capangas que tem, Dolejal conta com a lealdade de Franco, seu braço direito e faz tudo. Franco é conhecido pela cidade por sua crueldade louca e beleza fria. Ele é filho de uma prostituta de beira da estrada, e não tem ideia de quem seja seu pai. Foi "adotado" e "criado" por Thales, a única figura que passa perto de um pai que ele conheceu.
Thales tem uma amante há anos, Karen Lisboa, proprietária de um condomínio de bangalôs decadentes. Karen tem uma personalidade forte e autodestrutiva. Bebe demais, arranja confusões pelos bares da cidade e usa seu corpo com o que sabe fazer de melhor, e não só com Thales, o que já é um perigo, pois este coronel não costuma dividir o que é seu. Ela tenta criar seu filho Johnny e de sua avó Ninita, mas cada dia que passa se atola em mais dívidas e confusões.
Além da proteção de Thales, Karen conta com a ajuda de Rodrigo Malverde, o delegado bonitão da cidade. Rodrigo é íntegro, e não se deixa intimidar pelos "donos da cidade" que agem conforme suas próprias leis. Rodrigo é viúvo, e sua falecida esposa era muito amiga de Karen, por isso Rodrigo sente-se responsável por ela. Ele vive com sua irmã Valéria e sua sobrinha Sabrina. Sua irmã não se cansa de tentar encontrar uma nova esposa. Não que ele precise de ajuda nesta área...
Temos ainda o pediatra da cidade, Cris, que vive com sua amiga de infância Nova. Ambos foram para Matarana refazerem suas vidas. Nova nutre um amor secreto por Cris, e tem esperanças de que um dia vivam como homem e mulher, e não como amigos. Cris por sua vez não tem coragem de dar um passo neste sentido. Ele teme que um envolvimento faça como que sua amizade com Nova acabe. Enquanto isso, ele segue recebendo muitas atenções por conta de sua beleza e dedicação médica...
Os acontecimentos pegam fogo quando Thales descobre e começa a tirar de seu caminho todos os homens que Karen teve enquanto estava com ele. E não foram poucos. Com raiva ele ameaça a ex amante, e quer a todo custo colocá-la para fora da cidade. 
Sem saber o que fazer, ela conta com o apoio de Rodrigo para mais uma vez ajudá-la. Acontece que agora que não está mais com Thales, a atração entre ela e Rodrigo não tem porquê ser negada, mas ela teme que isso faça a ira do coronel virar-se contra o amigo. Ele sabe que Karen  não está acostumada a receber amor, mas está preparado para domar o gênio ruim desta moça.
Mas como Matarana é um barril de pólvora, Rodrigo ainda tem que proteger Nova de si mesma, afinal esta jornalista cabeça dura cismou de investigar o coronel Marau para assim denunciar o serviço de escravidão que ele usa em suas terras.
Nova está cansada de sua vida, e quer dar um novo rumo ao seu relacionamento com Cris. Ela lhe deu um ultimato. 
Na correria dos acontecimentos, não só a vida de Nova passa a correr perigo, como também a de Karen. Nova conta com a proteção de Franco, a mando de Thales, e Karen corre perigo justamente por conta das ordens de Thales.
Rodrigo investiga tudo e a todos, e tenta manter em segurança as mulheres que lhe são tão importantes.
Uma descoberta põe Franco na mira de matadores, e ele tem que decidir se segue sobre a cartilha de Thales, ou se encontra seu próprio caminho ao lado de uma paixão que muitos diriam, tem tudo para dar errado. 
Apesar de tudo pelo que passou, Franco conta com a confiança de Rodrigo para encontrar um novo caminho. O destino de todos estão entrelaçados. Resta saber se o amor recém descoberto entre eles será o suficiente para que sigam em frente.
Gostei muito do livro, e estou curiosa para saber sobre o desenrolar dos fatos. Uma coisa que achei engraçada e nem sei como explicar direito, é que Karen, que seria uma das "mocinhas" da história, não ganhou minha simpatia. E não é por ser fraca e mosca morta. Se ela fosse uma pessoa real, poderia dizer que meu santo não bateu com o dela. Verdade é que eu torcia para que ela formasse um outro casal, ou então ficasse sozinha mesmo, e não ficasse com quem está, pelo menos até o fim deste livro.
Se eles continuaram juntos eu não sei, apesar de achar muito provável. Talvez no próximo volume eu mude de opinião em relação a ela, mas confesso achar difícil. Karen para mim é um tanto egoísta, age sem pensar nas consequências, ainda mais ela que tem um filho. Sei lá, vamos ver.
Acho válido falar também que notei muito erros neste volume digital que li. Muitas palavras escritas juntas, o que me incomodou, pois não foram poucas. E normalmente não sou de falar sobre isso nas resenhas. Mas acho que faltou um pouquinho de cuidado na revisão.
Não poderia finalizar sem falar dos rapazes criados por Janice. O trio Rodrigo, Cris e Franco fazem o coração da mulherada suspirar, cada um a seu modo, do jeito bandido ao melhor estilo bad boy, ao autoritário e protetor. De qualquer forma, são homens que conquistam. 
O livro é cercado de personagens que podemos chamar de reais. Eles não são perfeitos, pelo contrário, e isso é justamente o que torna o livro mais charmoso. Uma bela dica de leitura nacional.
*Banner da resenha retirado do site da série.
a Rafflecopter giveaway

50 comentários:

  1. Olá, Rose.
    Confesso que esse tipo de livro geralmente não me chama muito a atenção, mas esse foi diferente. Apesar da história um pouco clichê, ele tem o diferencial de se passar no Brasil. Isso me agrada demais.
    Não acredito que vá conseguir me prender tanto a obra, mas vou tentar ler.
    Excelente dica.

    Desbrava(dores) de livros - Participe do nosso top comentarista de junho. Você escolhe o livro que quer ganhar!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É um enredo interessante,e agora que já li toda trilogia, posso dizer que foi bem legal. A obra foi crescendo e com um bom ritmo.
      Bjs, Rose.

      Excluir
  2. oi flor, eu leio bons comentários, mas ainda não li nenhum livro dessa saga ou da Janice, mas quero remediar isso
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Gostei muito da trilogia, recomendo e acho que você vai gostar.
      Bjs, Rose.

      Excluir
  3. Nossa Rose!
    Uma tremenda aventura e além de tudo as dúvidas do amor, deve mesmo ser um livro bom de ler, bem no estilo que gosto.
    Desejo uma ótima semana e um mês carregadinho de sucesso!
    “Sábio é aquele que conhece os limites da própria ignorância.”(Sócrates)
    Cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi amiga, leia esta trilogia, você vai gostar, tenho certeza.
      Bjs, Rose.

      Excluir
  4. Só de ler sua resenha já fiquei com vontade de conhecer a narração da autora,gostei da ênfase que vc deu aos personagens ao parecer reais e realmente é o que torna o livro mais legal..

    :D

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Clarice é verdade, trazem os personagens mais para perto do leitor. Isso ocorre aqui. eles sao deliciosamente imperfeitos.
      Bjs, Rose.

      Excluir
  5. Oi Rose, tudo bem?

    Confesso que a premissa do livro em si, não me chamou muito a atenção mas que, pelo fato de se passar no Brasil me deixou um pouquinho curiosa. Não sei se eu o leria, estou tentando fugir um pouquinhos dos clichês. Parabéns pelo Blog.

    Beijo!
    Livros & Tal [http://livrosetalgroup.blogspot.com.br/].

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Ana, o enredo desa trilogia não é tão óbvio como possa parecer viu, tem muita coisa acontecendo ao mesmo tempo, e a formação dos casais pode mudar de repente.
      Bjs, Rose.

      Excluir
    2. Olá. Agora sim você me animou em relação ao livro. hehehe.
      Eu gosto do que foge um pouco e não é previsível.

      Beijo.

      Excluir
    3. Não achei previsível não, lógico que tem lá seus clichês, mas eu ficava pensando que a poderia mudar de uma hora para outra.
      Bjs, Rose.

      Excluir
  6. Oi Rose, sabe que tenho muita curiosidade de ler esta saga?
    Mas, ao mesmo tempo não sei se vou gostar, aí fico na dúvida se invisto ou não.
    Gostei muito da sua resenha, conseguiu me dar uma boa ideia do que esperar da história.
    E lendo sua resenha também notei que não vou me agradar da Karen... kkkk
    Bjus
    Lia Christo
    www.docesletras.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Lia, acho que foi a única coisa que não gostei da trilogia. Mesmo agora que já li os 3 volumes, a Karen continuou não me agradando, mas recomendo a série mesmo assim.
      Bjs, Rose

      Excluir
  7. Oi Rose!! Eu li resenha e não é o tipo de livro que costumo ler, mas eu tenho uma amiga que ama esse tema vou enviar o link do blog para ela ler aposto que vai gostar...Amei sua escrita!!
    Beijosss

    http://proximapagina-pp.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Camila, obrigada. Espero que ela goste, vale a pena.
      Bjs, Rose.

      Excluir
  8. Olha só, me surpreendi: quando abri a página e vi a capa do livro pensei : mais um hot. E não, fiquei interessada pela correria de amores, proteções e vinganças e achei incrível o local onde a trama se passa. Vou dar uma chance enormeee pra trilogia, com certeza.Brigada pela dica e sucesso sempre!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi DSC, não acho certo falar que ele é um hot. Tem suas cenas mais calientes, mas o foco não é esse.
      Bjs, Rose.

      Excluir
  9. Oláá
    Parece ser um livro bem interessante para quem curte esse gênero, o que não é meu caso, mesmo assim, o enredo está legal e gostei da resenha.

    Beijos
    http://realityofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Realmente, é difícil você citar questões de revisão nas resenhas, deve ter sido algo fora do comum para te incomodar tanto. A ideia de 'cowboys do velho oeste americano' não me foi atrativa como enrendo.
    http://www.poesianaalma.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Lilian, esta parte técnica deixo para quem realmente entende, aqui eu sou leitora, por isso não costumo citar estas coisas.
      Bjs, Rose.

      Excluir
  11. Não conhecia o livro e faz tempo que não vejo uma resenha falando de um nacional tão característico. Achei a história interessante, fala bem da realidade do coronelismo ainda existente no nosso país... Você não se perdeu com tantos personagens?
    Bjs, Isabella
    http://pausaparaconversa.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Isabella, não dá para se perder viu, apesar da quantidade de personagens cada um tem seu espaço e todos são importantes para o desenrolar dos fatos, que aliás, são muitos.
      Bjs, Rose.

      Excluir
  12. Amei a resenha! Ainda não tive oportunidade de ler nada da Janice, mas já ouvi coisas positivas sobre a autora.

    Beijão!

    http://www.cheirodelivronacional.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Este foi o primeiro trabalho que li dela, e com certeza lerei outros.
      Bjs,Rose

      Excluir
  13. Apesar de parecer um livro bom, no momento não é o que estou procurando ler, talvez mais para frente.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É bem fora do que você realmente gosta.
      Bjs, Rose.

      Excluir
  14. Oi tudo bem?
    Parece ser um livro legal mas não é o tipo de livro que eu gosto, rs
    http://literaturaparaosaber.blogspot.com
    Abraços.

    ResponderExcluir
  15. Achei o enredo do livro interessante, mas confesso que não é o meu tipo de leitura favorita. O que me chamou a atenção foi o universo do livro em si, e o que ele explora. Ainda não tinha visto nenhum livro assim por aqui, mas achei interessante.

    http://laoliphant.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tem muitos fatos que ainda existem no Brasil, o que deixou o enredo bem interessante.
      Bjs, Rose.

      Excluir
  16. Oi Rose, tudo bom?

    Li apenas um livro que se passava assim com cowboys, rs. E foi um da Nora Roberts, acho que bem diferente desse. Fiquei empolgada, acho que vou gostar. Cowboys me atraem! Segura peão! HAHAHAHAHAHA Adorei a resenha. Já coloquei na lista de desejados!!

    Beijos,
    www.estantedarob.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cowboys são sempre bem vindos...kkkk
      Bjs,Rose.

      Excluir
  17. Nossa! Fiquei bastante empolgada com o livro! Mesmo eu não curtindo muito Cowboys e imagens de homens em capa, eu até achei aceitável auhsuah. Nunca li livros com essa temática, então acho que vou gostar, ainda mais depois de você citar o quanto cada personagem é real!
    Boa resenha !
    Beijos
    cheireiumlivro.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Luana, este detalhe dos personagens me chamou atenção, não tem nenhum perfeito, nenhum santinho, assim como na vida real.
      Bjs, Rose.

      Excluir
  18. Oi, Rose. Achei a história bem interessante, cheia de personagens e reviravoltas. Só achei que essa capa não combinou com o enredo haha Passa uma ideia diferente. Legal saber que a história é boa e os personagens bem construídos, reais. Quem sabe dou uma chance :) Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Uma ideia de hot né? Apesar de ter suas cenas mais quentes, o livro não se resume a isso.
      Bjs, Rose.

      Excluir
  19. Ola Rose lindona adoro de romances com cowboys , pelo visto o livro tem bastante personagens, gostei da premissa do livro, ainda não li nada da autora, mas já li muitos elogios, estou com um livro e pretendo ler logo, assim como esse. beijos

    Joyce
    www.livrosencantos.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Joyce, gostei da forma como ela escreve e com certeza vou ler outros trabalhos dela.
      Bjs, Rose.

      Excluir
  20. Oi, tudo bem?
    Não sabia que esse livro era brasileiro. Pela capa, pensei que era um livro da Harlequin. Apesar de curtir esse gênero, eu não me interessei pelo livro, acho que não teria paciência com a Karen, então prefiro passar a vez, rs
    beijos
    http://meumundinhoficticio.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Bruna, a Karen é difícil mesmo, mas tenho certeza que muita gente gostou dela.
      Bjs, Rose.

      Excluir
  21. Oiee, gostei bastante deste livro, ando sempre a tenta aos títulos nacionais e sempre procuro dar uma conferida, então devo dar olhada neste também pois gostei bastante da resenha. bj
    http://florroxapoemasepoesias.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Lunna que bom. Também sempre fico atenta a títulos nacionais, e ultimamente não tenho do que reclamar.
      Bjs, Rose.

      Excluir
  22. Oie, tudo bom?
    Lembro que vi uma resenha desse livro e tinha ficado curiosa com a trama. Menina, que cidade é essa? Cheia de acontecimentos que parecem ter rendido uma trama instigante e cheia de reviravoltas. Não simpatizei com a Karen na resenha.
    Beijos,
    http://livrosyviagens.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Aline, e acho que não vai gostar dela no livro também.
      Bjs, Rose.

      Excluir
  23. Oi Amiga,
    Eu já li esse livro, mas na versão impressa e lembro de ter curtido muito. Uma pena esse problema na versão digital, mas espero que a autora veja seu comentário e consiga consertar o problema, eu ainda quero ler o próximo volume, mas agora fiquei com receio da versão digital...kkkk....beijos Elis!!!

    http://amagiareal.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi amiga, leia sim a continuação, a trilogia foi muito boa. Isto aconteceu mais neste livro.
      Bjs,Rose.

      Excluir
  24. Mesmo parecendo um pouco cliche, gostei do livro. E o que é essa capa? Apaixonei!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Marisa, a capa pode ser encarada como um incentivo a mais... rsrsrsrs
      Bjs, Rose.

      Excluir

Olá meu amigo, deixe sua opinião, ela é sempre bem vinda. Obrigada por visitar o blog.