Questão de Opinião: Impunidade


 Gente do céu, tem casos que revoltam a gente, e se não falarmos, fica entalado na garganta, então desculpem, mas eu tenho que desabafar um pouco.
Vou começar pelo julgamento do Lindemberg. Bateu na garota, aterrorizou a menina e depois matou, e com a maior cara de pau pede perdão para a mãe da garota. Formidável, um pedido de perdão e tudo bem, afinal perdoar é divino. Sinto muito, mas eu não tenho a alma tão elevada assim. Uma pessoa desta deveria apodrecer atrás das grades, e de preferência quebrando pedra em sol escaldante. E o pior de tudo é ter que escutar que ele só atirou por conta da invasão policial. Só se fosse muito retardado para acreditar nesta história da carochinha. 98 anos é pouco, ainda mais neste país que ninguém fica mais que 30 anos. Ele vai sair com 50 e tantos anos  pronto. Juro que não consigo aceitar uma coisa dessa.
E o caso da loirinha de 3 anos morta pelo jetski? Daqui a pouco vão falar que a culpa foi da mãe da menina que deixou a garotinha brincar na beira da água. Absurdo! Se o garoto, filhinho de papai era realmente inocente, porque então não socorreram a menina? Acharam o que, que ela era uma boneca, um manequim que estava na praia e que depois poderia ser colado as partes quebradas? Não, ela era humana, parecido com o adolescente que causou a tragédia e que não vai pagar pelo crime irresponsável que cometeu. Digo parecido em vez de igual, pois para mim, um humano teria tentado ajudar de alguma forma. Poderia ser que o menino não tivesse “condições psicológicas” para tal ato, mas e os pais dele? Cabeça fria para fugirem tiveram.
Essa história que é menor e não sabe o que estava fazendo só não é mais ridícula por falta de espaço. E mais ridículo que isso, é o nosso código penal, onde menor de 18 anos pode votar e decidir o futuro da não, mas não tem capacidade mental para pagar por seus erros. Então paguemos nós cidadãos que vivemos de mãos atadas diante de tanto menor que bate no peito e diz que faz e acontece.
Tem também o caso do marginal animal que nem bem saiu da cadeia e já estava estuprando uma menina de 12 anos e roubando relógios para completar a lista. Gente, um monstro desse sai como? Ninguém viu dentro do ônibus? Como pode uma coisa desta acontecer. E mais revoltante ainda é saber que um tipo deste sempre acaba voltando para a sociedade, e nós cada vez mais ficamos presos dentro de casa.
Só gostaria de saber até quando vamos pagar por estes crimes, já que os culpados não pagam, apenas ficam engordando as nossas custas. Desculpem o desabafo, mas fico revoltada com umas coisas que sou obrigada a ver e mais revoltada ainda em saber que não tenho respostas aceitáveis para dar, principalmente para meus filhos. Beijos em todos.
 
 
Aproveitem para participar do Top Comentarista deixando seu comentário


Leituras de 2012 #7


Oi amigos, hoje venho falar para vocês de um livro que eu estava muito ansiosa em ler, não só por conta do autor de quem sou muito fã, mas também porque a história parecia ser bem interessante. Ainda bem que eu não me decepcionei. Curiosos com o livro? Então vamos lá:
Um Homem de Sorte - Nicholas Sparks: eu sou fã deste autor desde o primeiro romance que li dele. E não foi por acaso. Ele sabe contar uma boa história, com emoção e te envolvendo até o final, mesmo com um ritmo mais lento como no caso deste livro.
Neste romance conhecemos a história de Thibault, um ex fuzileiro naval americano que sobrevive a muitos combates e emboscadas. Seu melhor amigo acredita que isso ocorreu devido a uma foto que Thibault achou em uma manhã e que deste então carrega com ele. Mesmo sem acreditar nesta história de amuleto, fato é que ele sempre voltava com vida onde muitos caíam mortos ao seu redor. Convencido a procurar a garota da foto, Thibault inicia uma jornada a procura de alguém que ele não sabe absolutamente nada. Suas únicas pistas são a inicial do nome dela, que a foto foi tirada em uma feira e o nome de uma cidade. Quis o destino que eles se encontrassem, e sem contar a verdade para Beth, Thibault começa a trabalhar com a avó dela.
Quando Thibault encontra Beth (a garota da foto), ele na verdade começa a encontrar e ele mesmo. Um envolvimento entre os dois começa, mas este relacionamento terá que vencer alguns obstáculos, e para isso Thibault terá que contar com um pouco mais de sua sorte. Mas isso será possível já que ele não está mais com a foto? Será que a foto é mesmo seu amuleto? Será que o destino se encarregou de levar Thibault para junto de Beth? Quando termina a sorte e começa o destino? Ou ambos caminham juntos? 
Para responder a estas e outras perguntas, só lendo este maravilhoso livro de Nicholas Sparks. Acredite, você vai se envolver com a história.
Espero que tenham gostado desta pequena dica de leitura.Em relação ao Desafio Literário, estou assim:
  1. A Montanha dos Mackenzie (Linda Howard);
  2. Missão Mackenzie (Linda Howard);
  3. O Prazer de Mackenzie (Linda Howard);
  4. O Encanto da Montanha (Linda Howard);
  5. Jogo do Acaso (Linda Howard);
  6. Poirot Investiga (Agatha Christie);
  7. Reencontro (Leila Kruger); 
  8. Cem Toques Cravados (Edson Rossatto);
  9. O Céu Está em Todo Lugar (Jandy Nelson);
  10. Formaturas Infernais (Meg Cabot, Stephenie Meyer, Michele Jaffe e Lauren Myracie);
  11. Como Treinar o seu Dragão  (Cressida Cowell);
  12. O Segredo de Chimneys  (Agatha Christie);
  13. Dançando no Ar - vol.1 - Trilogia da Magia (Nora Roberts);
  14. Entre o Céu e a Terra - vol.2 - Trilogia da Magia (Nora Roberts);
  15. Enfrentando o Fogo - vol.3 - Trilogia da Magia (Nora Roberts);
  16. Um Mundo Brilhante (T. Greenwood); 
  17. Por Linhas Tortas (Cynthia França); 
  18. O Segredo Mais Sombrio (Gena Showalter);
  19. A Rendição Mais Sombria (Gena Showalter);









Aproveitem para participar do Top Comentarista deixando seu comentário


Viva como um cão


 
Nunca deixe passar a oportunidade de sair para um passeio.
Experimente a sensação do ar fresco e do vento na sua face por puro prazer.
Quando alguém que você ama se aproxima, corra para saudá-lo.
Quando houver necessidade, pratique a obediência.
Deixe os outros saberem quando invadirem o seu território.
Sempre que puder, tire uma soneca e se espreguice antes de se levantar.
Corra, pule e brinque diariamente.
Coma com gosto e entusiasmo, pare quando estiver satisfeito.
Seja sempre leal.
Nunca finja ser o que você não é.
Se o que você deseja está enterrado, cave até encontrar.
Quando alguém estiver passando por um mal dia, fique em silêncio, sente-se
próximo e gentilmente tente agradá-lo
.
Quando chamar a atenção, deixe alguém tocá-lo.
Evite morder quando apenas um rosnado resolver.
Nos dias mornos, deite-se de costa sobre a grama.
Nos dias quentes, beba muita água e descanse embaixo de uma árvore frondosa.
Quando estiver feliz, dance e balance todo o seu corpo.
Não importa quantas vezes for censurado, 
não assuma a culpa que não tiver e não
fique amuado... corra imediatamente para os seus amigos.
Alegre-se com o simples prazer de uma caminhada.

Se o seu problema tem solução, então não há com o que se preocupar. E se o seu problema não tem solução, toda preocupação será em vão. 
(Provérbio Tibetano)
 
Aproveitem para participar do Top Comentarista deixando seu comentário


Diversão: Sudoku


Oi amigos, já faz um tempão que não coloco um sudoku para vocês se divertirem. Então hoje resolvi colocar este bem fácil para vocês. Espero que gostem.  
Não sabem as regras? Tudo bem, é bem fácil, bastar preencher cada quadrado menor com números de 1 a 9 sem repeti-los, e esta mesma regra deve valer para cada linha e coluna. Fácil né? Então mãos às obras!
Beijos em todos! Bom início de semana, aliás, uma boa semana para todos!
Aproveitem para participar do Top Comentarista deixando seu comentário


Book Toour: Londres - Do Amor Nascia a Incerteza



Olá amigos, hoje venho falar de mais um Book Toour que estou participando. Desta vez é do livro Londres da Érica Lopes. Fiquei conhecendo o livro pelo blog da autora, ao qual sigo faz um tempinho, aliás quando comecei a seguir, nem sabia sobre o livro. Agora ele saiu, a autora está feliz da vida e bolou este bookt tour. Fiquei muito feliz em participar e não vejo a hora de chegar a minha vez. Como ainda vai demorar um pouquinho, pois sou a 12º, por ora além do banner, aproveito e deixo a sinopse do livro para vocês:

 Este é apenas um poema de amor Escrito em um pedaço de papel (...) Durante uma viagem para Londres Clara Giombelly percebe que para sua felicidade é preciso fazer escolhas. “O passado não volta, e a felicidade só depende de nós”. Londres foi o cenário de uma linda e emocionante história de amor no qual o destino brinca de unir e separar duas almas apaixonadas. Clara e Adam vivem um conturbado relacionamento que nos faz questionar até que ponto vale à pena deixar um grande amor e viver uma vida de mentiras.

Bem amigos eu particularmente adorei esta capa e a história me chamou atenção, não foi por acaso que me candidatei a participar do BT. Sorte a minha que vou poder conferir de perto esta história e depois vim dividir com vocês minha opinião sobre ela. Até lá, convido a todos a conhecerem o blog da autora e conhecer um pouco mais sobre ela e seu livro. Beijos em todos.
 

 
Aproveitem para participar do Top Comentarista deixando seu comentário


Postagem Top Comentarista


Olá meus amigos, hoje venho mostrar para vocês a postagem que a nossa top cpmentarista de janeiro fez para o blog. A Luciane nos conta sua opinião de um livro que leu, aliás, eu ainda não li o livro. Espero que gostem e comentem, e só para esclarecer, eu não alterei nada do que ela escreveu.

COMO AGIR COM UM ADOLESCENTE DIFÍCIL?
O autor é J.D. Nasio, psicanalista e psiquiatra.
O livro é da editora Zahar.
Eu não conhecia este autor,mas ganhei o livro,pois estou com uma filha
De 13 que passa pelo processo da adolescência.
Achei bem interessante o livro, mas é uma leitura um pouco difícil, pois tem
Alguns termos técnicos que as vezes é complicado entender.
O livro a princípio parece que foi  direcionado a profissionais da área, mas dá dicas super importantes para nós, pais e também professores.
Fala em detalhes muitas vezes esquecidos por nós como é esse processo de sair da infância e se tornar adulto, processo que damos o nome de adolescência.
Cita situações que podem ocorrer e também fala dos níveis de complicações que os adolescentes estão sujeitos a enfrentar. O livro é muito interessante,eu gostei bastante, me esclareceu muitas situações e principalmente o processo de adolescer que é longo e dolorido.
Acho super indicado, mas deve ser lido com bastante carinho e atenção.
Bom que ele possa ajudar quem tem filhos, espero ter contribuído de alguma forma.
Todo ser vivo deve morrer um pouco todos os dias,
Isto é, transformar-se,sofrer o orgasmo celular
Que renova e faz viver.
A cada dia,nós,adultos,perdemos um pouco de nós mesmos,
Incessantemente,sorrateiramente.
Como isso é mais terrível ainda no adolescente,
Em quem tudo deve mudar ao mesmo tempo, violentamente,
O corpo dissociar-se, a infância ir embora,
E a cabeça,aturdida,reconquistar penosamente 
seu poder sobre o corpo!”
J.D.Nasio
Bjs,Deus abençoe!
Luciane Oppelt
 
Então pessoal, o que acharam? Como eu disse, eu não conhecia o livro, mas já anotei o nome. Apesar dos meus filhos ainda não estarem nesta fase, acho válida uma leitura. Beijos em todos e muito obrigada Lu pelo seu carinho com o blog e por dividir o livro conosco.

Aproveitem para participar do Top Comentarista deixando seu comentário


Pais & Filhos: Mudanças





Eu fui uma criança muito tímida, que sofri com as mudanças de residência por conta do trabalho do meu pai. Nasci em Belém, mas já com 1 ano vim para São Paulo, onde morei por 5 anos. Depois fui pro Rio de Janeiro onde fiquei por 3 anos. Também fiquei 6 meses em Curitiba e se não me falha a memória uns 2 anos em Bauru. Passei 4 anos da minha adolescência em Balneário Camboriú, e aos 16/17 anos voltei para São Paulo onde moro até hoje. Sempre mudando de endereço e de estado, aprendendo novas culturas e costumes sei muito bem o quanto difícil pode ser uma mudança. Como vocês sabem estou terminando a reforma da minha casa, e quando o dinheiro é curto, as coisas acontecem mais lentamente. A casa era para ficar pronta no fim de janeiro, pois as aulas começariam dia 31 de janeiro. Era, pois não ficou. Como moro na zona sul e passarei a morar na zona norte, a solução para que as crianças não perdessem aulas, foi ficar provisoriamente na casa do meu cunhado, que aliás mora em frente da casa que vou morar. 
Então minha vida atualmente está assim, de segunda à sexta fico no meu cunhado, e nos fins de semana volto para casa, onde minha mãe já começou a encaixotar algumas coisas, meus livros por exemplo. A casa deve ficar pronta no fim de março, meio de abril. Hoje mesmo meu marido deu uma pequena “prensa” no empreiteiro.
Os dias não tem sido maravilhosos, afinal não estou em minha própria casa, com minhas coisas. Nas duas primeiras semanas de fevereiro foi um pequeno inferno, teve um dia que cai em desespero com meus filhos, pois eles sim são as maiores vítimas. Estão longe de tudo o que é familiar para eles. Estão longe dos amigos, da casa deles, dos brinquedos deles, das coisas deles e principalmente dos avós deles. Eles estão na escola desde o maternal, mas ambos sempre estiveram em escola pequena, não só de tamanho, mas de porte também. E agora na nova escola é tudo muito diferente. A escola é grande, não só em tamanho, mas em quantidade de alunos e em qualidade também. Então vocês podem imaginar o quanto eles estranharam. Para piorar um pouco mais, o Cauê ainda começou a reclamar de problemas com a visão, não estava enxergando a lousa. Tudo junto num panelão, vocês imaginam a reação deles. Era uma briga para tomarem banho para aula. Quando os deixava na escola, meu coração ficava super apertado, voltava triste para casa. Teve um dia que eles falaram tantas coisas para mim, que eu não era uma boa mãe, que iam morar na rua, entre outras besteiras, que eu cai no choro, fiquei tão perdida que cheguei a calçar as sandálias para ir embora. Foi um dia bem pesado aquele. Felizmente parece está passando. Hoje eles já não reclamam tanto da escola (apenas das intermináveis lições de casa, rsrsrs). O Cauê se adaptou muito bem com os óculos, e está fazendo amigos aos poucos, o que é bem típico dele. O Biel percebeu que o professor de educação física é legal, e vai com entusiasmo para as aulas. Passaram a semana esperando pelo baile de carnaval que a escola fez na sexta feira. Fizeram questão de irem fantasiados e tudo mais. Quando fui buscá-los, estavam molhados de suor. Sinal de que a farra foi boa.
Já estão adaptados com a dentista e a oftalmologista. Também já levei a uma nova pediatra, mas esta mesmo sendo muito competente, ainda não é a definitiva, pois achei-a um pouco seca com as crianças. Os próximos médicos serão Fonoaudióloga para o Gabriel e Psicólogo para ambos, assim tenho uma ajuda capacitada para eles neste momento tão diferente que eles estão passando.
Estão fazendo futebol perto de casa e na escola treinamento desportivo. Depois que mudarmos definitivamente, entrarão no inglês e natação.
Estão começando a se habituar com a nova região. Levei a duplinha para andar de bicicleta em uma bela manhã de quarta feira no Horto Florestal, parque que fica perto de minha futura casa. Eles já conheciam o parque, mas viram com outros olhos naquele dia. O Biel adorou correr atrás de um lindo esquilo, e morreu de rir quando o esquilo jogou algumas nozes na sua cabeça. Depois da aula levei os dois e a prima deles para tomarem um gostoso sorvete em uma deliciosa sorveteria que tem no bairro. Estou aos pouquinhos mostrando o bairro que agora será a morada deles.
Com toda esta confusão, acabei deixando o blog de lado, nem as postagens programadas estava conseguindo fazer, por isso vocês que sempre me visitam não estavam encontrando as postagens diárias e nem as respostas aos comentários deixados. Não estava com ânimo nem para ler. Nestes dias, acabei lendo apenas 2 livros, sendo que normalmente eles seriam lidos em uma única semana. Também estou em dívida com a Nane, ganhadora do kit de bijuterias que sortiei no início do ano. Não mandei o prêmio pra ela, e nem os kit de marcadores dos ganhadores de janeiro. Aproveito pra explicar que não esqueci de nenhum de vocês e que vocês receberam sim seus presentes, fiquem tranqüilos.
Agora que pelo visto as crianças estão mais calmas, acho que aos poucos conseguirei voltar ao ritmo normal de antigamente. Tenho 3 livros para sortear para vocês, mas não bolei nada ainda. Também li que o goole vai acabar o o Google Friend Connect. Esta caixinha de seguidores existente aqui na lateral do blog. Como nunca dei muita importância para a quantidade e sim para a qualidade, não sei como o blog será afetado. O sorteio que faço com os comentários e os top comentarista não exigem que a pessoa seja seguidora, por isso, nada muda. Eu mesma quando gosto de um blog, não só sigo pelo GFC como também assino a news, assim fica mais fácil de acompanhar os blogs que gosto. Por isso, como não sei como vai ficar sem este tal de GFC, convido vocês a assinarem a news do blog, curtir pelo facebook, ou seguir pelo G+.
Este ano de 2012 está cheio de mudanças, e tenho certeza que elas serão para melhores, claro que depende de como cada um encara isso. Eu prefiro sempre olhar pelo lado bom, afinal, mesmo no meio do vendaval que eu estava passando com as crianças, ainda encotrei tempo para sentar embaixo de uma linda árvore e ver a beleza que Deus me proporcionou com uma bela e ensolarada manhã. Vendo meus filhos andarem de bicicleta com saúde e me permitindo desfrutar de alguns minutos de uma boa leitura.
Beijos em todos e um ótimo dia para todos nós.
 
 
Aproveitem para participar do Top Comentarista deixando seu comentário


Leituras de 2012 #6




Olá amigos, mais um dia para falar das minhas leituras. Continuo bem devagar com minhas leituras, estes dois livros inclusive li no mês passado, mas acabei esquecendo de colocar aqui para vocês. São dois volumes de uma série que eu adoro e tenho prazer em falar dela para vocês. Vamos conhecer os livros então?
Primeiro vou apresentar um pouco da série para quem não conhece.
Série Senhores do Submundo: eu conheci esta série através do segundo volume e me apaixonei. Logo sai à procura dos outros volumes da série. Para quem não conhece, a série conta a história de doze guerreiros exilados pelos deuses e obrigados a carregarem os demônios que existiam dentro da Caixa de Pandora. A mesma caixa que eles desobedeceram às ordens, roubaram e abriram. Agora, cada um é refém e guardião de um demônio, e juntos eles vão enfrentar vários inimigos para encontrarem os quatro artefatos que unidos trarão a Caixa de Pandora de volta. Em meio a vários combates, você percebe que eles são mais que amigos, eles são irmãos e se protegem mutuamente. A derrota e o sofrimento de um, é a derrota e o sofrimento de todos. No longo caminho percorrido, eles vão se apaixonando e provando que mesmo sendo guerreiros prontos para matar que fizer mal ou ameaçar aqueles que amam, eles também amam profundamente e são capazes de enormes sacrifícios em nome deste amor, seja pelos amigos, seja por suas mulheres. Contando com estes dois livro que falarei hoje, já li dez livros desta série, sendo que dois deles são bônus, ou seja, história paralelas da série. Quem quiser conhecê-los, basta clicar aqui, aqui ou aqui, e eis a lista dos doze maravilhosos guerreiros: Aeron (Guardião da Ira), Amun (Guardião dos Segredos), Cameo (Guardiã da Miséria), Gideon (Guardião das Mentiras), Kane (Guardião dos Desastres), Lucien (Guardião da Morte e líder dos guerreiros em Budapeste), Maddox (Guardião da Violência), Paris (Guardião da Promiscuidade), Reyes (Guardião da Dor), Sabin (Guardião da Dúvida e líder dos guerreiros na Grécia), Strider (Guardião da Derrota) e Torin (Guardião da Enfermidade).
Existem mais guerreiros citados nas histórias, dois deles até são inimigo dos nossos senhores (Galen - Guardião da Esperança e Rhea – Guardiã da Discórdia), um senhor já é falecido e constantemente lembrado pelos amigos (Baden – Guardião da Desconfiança) e Siena, uma caçadora que morreu e agora é Guardiã da Ira e será a mulher de Paris pelo que as histórias indicam. Agora as últimas histórias que li:


O Segredo Mais Sombrio: Amun (Guardião dos Segredos) sempre se sentiu solitário. Mesmo tendo seus amigos por perto, ele se mantinha fechado, pois não queria que seus amigos sofressem mais ainda por conta dos inúmeros segredos que é obrigado a carregar por conta de seu demônio. Quando ele decide ajudar seu amigo Aeron (Guardião da Ira) a recuperar a filha dele, Legion, que estava presa no inferno, ele acaba sendo possuído por novos demônios e sua vida corre grande perigo. Sem grandes esperanças, ele conhece Haidee, a caçadora que Strider (Guardião da Derrota) capturou e que está interessado, e o impossível acaba acontecendo. Agora ambos terão que lidar não só com o ódio existente entre caçadores e Senhores do Submundo, mas também com que os amigos de cada um acharam do relacionamento deles. Em uma viagem de volta ao inferno, Amun e Haidee enfrentarão vários obstáculos para que Amun volte ao normal, mas se falharem, ambos morrem. Como sempre uma história maravilhosa, cheia de aventura e ótimas cenas de romance. Só vou confessar que fiquei com raiva da Haidee, pois achei uma tremenda sacanagem ela falar para o Amun que não iria “as vias de fato” com ele pois antes precisava terminar com seu “futuro ex-namorado”. O detalhe da minha bronca com ela para vocês entenderem, é que eles já tinham feito quase tudo, entre beijos e amassos para lá de calientes. Se isso já não era traição, alguém pode por favor me explicar então o que será? Mas calma, este detalhe não diminui em nada a história, só não gostei da atitude do personagem.

 

A Rendição Mais Sombria: Strider é o Guardião da Derrota, e como vencer para ele acaba sendo obrigatório por conta de seu demônio, ele acaba tendo um ego maior que o universo, mas ao invés de ser chato, arrogante e exibido, ele é maravilhoso e engraçado com suas tiradas. Nesta história, Strider decide tirar umas férias depois que Haidee o ignorou e preferiu ficar com Amun (Guardião dos Segredos). Com o orgulho ferido, ele parte em uma viagem sem destino definido. Kaia, uma harpia muito encantadora e apaixonada, decide ir atrás dele para conquistá-lo, mas Strider mesmo atraído por ela, não esquece que ela já dormiu com Paris (Guardião da Promiscuidade) e por conta disso não quer nada com ela. Além do fato que ele procura alguém que não passe a vida a desafiá-lo, pois seu demônio não pode perder ou recusar nenhum desafio, e com Kaia definitivamente seria uma competição diária. Quando Kaia é convidada a participar do tradicional “Jogos das Harpias”, ela finalmente vê a oportunidade de provar para todo mundo o seu real valor, então decide se afastar de Strider e se concentrar apenas nos jogos. Strider por sua vez não consegue tirar Kaia do pensamento e fica muito preocupado quando descobre que ela pode morrer nos jogos, ainda mais estando mais fraca pois não aceitou ser seu “consorte”. Para surpresa geral, ele decide acompanhar Kaia aos jogos e lá descobre que viver ao lado dela é tudo o que seu demônio quer. Eles também descobrem que o prêmio para quem ganhar os jogos é a Haste de Parir, um dos quatro artefatos que os Senhores estão atrás e que não pode em hipótese alguma cair nas mãos dos caçadores. Com isso, Karia tem de todas as formas vencer a competição, não só para provar seu valor, mas principalmente para ajudar Strider a pegar a haste. Mas todas as harpias estão decididas a matar Karia pelo seu erro do passado, e Strider tem diante de si o maior de seus desafios.
Uma história muito boa e quente, Strider e Karia são altamente competitivos e nos proporcionam cenas muito engraçadas e pra lá de calientes. Novamente podemos ver a união existente entre os Senhores do Submundo, uma verdadeira família pronta para defender cada um de seus membros, custe o que custar.


Espero que tenham gostado, eu pelo menos adoro esta série. Para quem me acompanha no Desafio Literário, por enquanto minhas leituras estão assim:

Aproveitem para participar do Top Comentarista deixando seu comentário