Leituras de 2012 #3





Oi amigos, hoje venho dividir com vocês minhas opiniões sobre dois livros bem diferentes um do outro. Espero que gostem:
Formaturas Infernais (Meg Cabot, Stephenie Meyer, Michele Jaffe e Lauren Myracie): um livro de contos sobrenaturais, na verdade são 5 contos, onde os temas como o próprio nome diz refere-se a formaturas. Eu confesso que esperava mais do livro. Gostei de dois contos, outros dois ficaram no mais ou menos e apenas um que para fim não teve sentido nenhum. Não há muito que contar ou falar, as histórias têm o mesmo tema mas são bem diferentes umas das outras, e indico para quem não gosta de histórias longas.






Como Treinar o seu Dragão – Cressida Cowell: Eu ganhei este livro no ano passado, meu filho já tinha lido, e eu mesma comecei a ler e parei, pois precisava ler um livro de um book tour e depois acabei esquecendo dele. Agora retomei a leitura e terminei. Desta história eu conhecia o filme, que, aliás, é muito bom e engraçado e na verdade, devo dizer que prefiro o filme. Não que o livro não seja bom, eu gostei e ri, mas o filme conseguiu me conquistar mais. Muitas coisas do livro foram modificadas para o filme e acho que caíram bem, talvez por isso minha preferência. Mas vamos a história em si, Soluço é um garoto normal, uma criança viking que não tinha sonhos de se tornar um herói, mas que precisa urgentemente capturar um dragão para então domá-lo e conquistar o respeito dos vikings. Mesmo porque, quem não passasse na prova de iniciação dos vikings, seria expulso da tribo. Acontece que o dragão que ele conseguiu além de ser muito pequeno era também banguela, e para o filho do líder da tribo, isso em si já era muito vergonhoso. Mas Soluço tinha seus próprios meios e acabou, mesmo sendo proibido por lei, a conversar com dragões. Depois que um fracasso inédito na iniciação dos vikings, todos os jovens acabaram sendo expulsos, e para piorar a situação, a ilha estava condenada, pois dois imensos dragões tinham se instalado na ilha. Agora a vida de todos está em jogo, e os mesmos garotos que foram expulsos, liderados por Soluço, jogaram suas últimas chances de serem considerados verdadeiros vikings e tentaram salvar a ilha. Soluço finalmente terá sua chance de se tornar um herói aos olhos de seu pai, basta apenas que uma vez na vida tudo de certo para ele.
 
Aproveitem para participar do Top Comentarista deixando seu comentário

20 DICAS DE SUCESSO


01 Elogie três pessoas por dia 
02 Tenha um aperto de mão firme 
03 Olhe as pessoas nos olhos 
04 Gaste menos do que ganha 
05 Saiba perdoar a si e aos outros 
06 Trate os outros como gostaria de ser tratado
07 Faça novos amigos 
08 saiba guardar segredos 
09 Não adie uma alegria 
10 Surpreenda aqueles que você ama com presentes inesperados 
11 Sorria 
12 Aceite sempre uma mão estendida 
13 Pague suas contas em dia 
14 Não reze pra pedir coisa, reze para agradecer e pedir sabedoria e coragem 
15 Dê às pessoas uma segunda chance 
16 Não tome uma decisão quando estiver cansado ou nervoso 
17 Respeite todas as coisa vivas, especialmente as indefesas 
18 Doe o melhor de si no seu trabalho 
19 Seja humilde, principalmente nas vitórias 
20 Jamais prive uma pessoa de esperança.
PODE SER QUE ELA SÓ TENHA ISSO. 

(Luiz Marins Filho)

Aproveitem para participar do Top Comentarista deixando seu comentário

Desenhos para colorir: Shrek

Oi amigos, hoje tem desejos do Shrek para vocês se divertirem:










Aproveitem para participar do Top Comentarista e deixem seus comentários




Na Minha Caixa...


Oi amigos, desculpem a interrupção nas postagens, mas fiquei sem internet por uma semana e apenas as postagens que já estavam programadas é que saíram. Por isso que hoje estou juntando o que recebi nestas duas semanas, e chegou um monte de coisa boa, tanto para mim, como para vocês, vejam só:

Este livro eu troquei com a Ana no Skoob:
Este outro eu ganhei em um sorteio no site Dear Book da Juliana Almeida:
Este aqui, infelizmente não estou lembrando de que blog foi, mas foi em um sorteio, aliás, peço mil desculpas por isso.
Estes marcadores vieram da nossa parceira, a autora Fabiane Ribeiro e serão sorteados mês que vem para os que comentarem aqui no blog. 

Estes outros marcadores eu ganhei em um sorteio no site da Nanie Dias, o Nanie's World:

A editora Novo Conceito também mandou uma caixa não só com presentes para mim, mas com presentes que serão sorteados para vocês também. Ela mandou dois kits do livro "Um Mundo Brilhante" e dois kits do livro "Beijada por um Anjo-5". Vejam só:


2 Kits "Um  Mundo Brilhante"

A caixa do livro

Capa de chuva personalizada com o nome do livro e a logomarca da editora
O kit do livro "Um Mundo Brilhante" é muito bonito, a caixa que fizeram é uma graça e a capa do livro é toda brilhante, muito bonita mesmo. Só vendo ao vivo para se ter uma noção do que estou falando. O outro kit que é do livro "Beijada por um Anjo-5", veio com um charmoso travesseirinho e uma caixa de presentes dourada que é uma charme como vocês podem ver nas fotos abaixo.
2 kits "Beijada Por Um Anjo 5"
O livro
Gostaram? Eu adorei! Ainda mais porque vou poder presentear vocês que sempre estão por aqui. Estes livros que a Novo Conceito mandou são pré lançamentos e estarão disponíveis a partir de fevereiro. Esta semana prometo colocar mais detalhes deles. Quanto ao sorteio deles, vou pensar em alguma coisa para vocês. Beijos em todos e um ótimo fim de semana.
 


Aproveitem para participar do Top Comentarista deixando seu comentário

São Paulo 458 anos



 
 

“Alguma coisa acontece no meu coração
Quando cruzo a Ipiranga com a Avenida São João...”

 
Impossível cantar esta música e não se lembrar de São Paulo. Hoje esta grande cidade, esta metrópole, coração do Brasil está completando 458 anos. Como toda cidade, claro que ela tem problemas, problemas estes, do porte da cidade. Trânsito, poluição, violência são alguns dos intermináveis problemas enfrentados pelos que aqui moram.
Eu não nasci aqui, como muitos vim de longe. Cheguei com 1 ano de vida, fiquei alguns anos e depois sai para outras cidades, conheci outros estados. Mas, voltei quando estava com 17 anos para não sair mais. Foi aqui que cresci e aprendi a andar, seja quando criança, seja nos primeiros passos da minha vida de adulta. Estudei, me formei, trabalhei, namorei, casei e tive filhos. Tudo que de importante para mim, aconteceu aqui em São Paulo. Esta cidade não me deu apenas oportunidade, me deu também duas irmãs que adoro e uma família que construí e outra que adquiri.
Se eu trocaria SP por outra cidade? Temo que não, só se fosse necessário por conta do trabalho do meu marido, mas sempre com intenção de voltar.
É engraçado quando vou para o interior e volto pela Rodovia dos Bandeirantes e vejo já chegando no final dela e início da Marginal, os vários prédios que recortam o horizonte, meu coração simplesmente sorri e diz: “Estou em casa!”
E é assim mesmo que me sinto aqui nesta imensa cidade. Mesmo quando vou para Belém (cidade que nasci) para rever meus parentes, não tem palavras que possa explicar a sensação de ver esta cidade da janela do avião e saber que em breve estarei voltando, porque não conseguiria ficar longe muito tempo. Aqui realmente é o meu lar.
São Paulo é uma cidade única, com seus prédios, asfaltos e poluições. Mas ela tem muito mais do que isso, ela é rica culturalmente. Tudo que você imaginar, aqui você encontra, seja para o bem ou para o mal. Funciona 24 horas sem parar. Cada bairro ou região tem uma particularidade própria, como se fosse uma cidade dentro da própria cidade, muito engraçado isso. Mas ela também tem suas belezas, basta saber olhar através do vai e vem interminável de carros e de gente.
São Paulo é uma cidade que a primeira vista pode assustar, mas que com um pouquinho de paciência e tempo, você aprende a amar. Para quem não conhece, fica o convite, para quem já conhece, quem sabe um retorno? Para quem assim como eu que mora aqui, um pedido, vamos cuidar um pouco mais desta linda e encantadora cidade que acolhe a todos os povos, mas que muitas vezes não é acolhida por quem mora ou a visita.

Aproveitem para participar do Top Comentarista deixando seu comentário

Leituras de 2012 #2



Oi amigos, hoje venho dividir com vocês (tentar pelo menos) a história deste lindo livro que eu tive o prazer de ler. Espero que gostem.
Resumo:


Gente, nem sei como vou falar deste livro para vocês, realmente, me faltam palavras para descrevê-lo. Esperei muito tempo para ler, na verdade, me apaixonei por ele desde a primeira vez que vi a capa dele. Então vocês podem imaginar a alegria quando o consegui através de uma troca feito pelo Skoob. A expectativa era enorme, e mesmo já tendo lido várias resenhas sobre ele, não estava preparada para a beleza da história. 
Bailey e Lennie são duas irmãs que foram abandonadas pela mãe ainda quando pequenas. Elas foram criadas pela avó e pelo tio. Juntas dividiam o quarto e a vida, até o dia em que Bailey morreu aos 19 anos e Lennie teve que aprender a seguir sua vida sozinha, sem sua adorada irmã.
Perdida em seu sofrimento, ela tenta encontrar seu caminho, pois apesar da morte da irmã, a vida a sua volta continua. Aliás, é engraçado isso, amamos tanto uma pessoa e sem mais nem menos ou algum tipo de aviso prévio ela vai embora para nunca mais voltar, e nós ficamos com uma vida a ser vivida quando na verdade o que mais queremos é que o tempo pare. 
Com Lennie não foi diferente, ela não aceitou a morte da irmã (mas quem aceita?), ela nem aceita mexer nas coisas da irmã, deixando o quarto que ambas dividiam do mesmo jeito que estava quando Bailey morreu.
Para ter um pouco de sua irmã, ela começa a espalhar pela cidade inúmeros bilhetes, em copos descartáveis, guardanapos, folhas de caderno, árvores... onde desse para escrever ela escrevia. Tudo para que de alguma forma Bailey estivesse de volta, ou então uma forma de extravassar o que sentia.
E então sem precerber ela se vê apaixonada. Mas será que ela tem o direito de se apaixonar e ser feliz diante da morte da irmã? E o que é pior, será que mesmo apaixonada por um, ela pode se sentir atraída por outro? Será que sua irmã lhe perdoaria? 
Eram tantas as perguntas, tantos medos e incertezas que Lennie vivia, e o que era pior, ela tinha que enfrentar tudo sozinha, sem sua irmã. Afinal, uma coisa é certa, quem morreu foi a Bailey, e Lennie está viva e tem que seguir em frente.
É uma história linda, que merece ser lida. Todo o livro é encantador, desde a capa, passando pelas letras azuis (o livro não é feito com letras pretas), até a divisão dos capítulos ou as imagens dos bilhetes escritos pela Lennie e jogados ao vento que depois foram recolhidos pelo Joe. Mas quem é Joe, bem, isso eu não conto, vocês vão ter que ler para saber, e tenho certeza que ao lerem gostaram.

Minha lista de leituras de 2012 estão assim:
  1. A Montanha dos Mackenzie (Linda Howard);
  2. Missão Mackenzie (Linda Howard);
  3. O Prazer de Mackenzie (Linda Howard);
  4. O Encanto da Montanha (Linda Howard);
  5. Jogo do Acaso (Linda Howard);
  6. Poirot Investiga (Agatha Christie);
  7. Reencontro (Leila Kruger)
  8. Cem Toques Cravados (Edson Rossatto)






Aproveitem para participar do Top Comentarista deixando seu comentário

Estante Nacional #7


 Olá amigos, hoje é dia de Estante Nacional, e hoje vou falar de um livro curtinho, mas mesmo assim muito bom de se ler. Eu estou falando do livro "Cem Toques Cravados" do Edson Rossatto. É um livro com contos sobre o nosso dia a dia, até aqui tudo certo né? Mas o diferencial deste livro não são apenas os contos bem feitos, mas sim como eles são feitos. Na verdade, os contos são chamados de nanocontos e cada um tem exatos cem caracteres, isso mesmo, você não leu errado, cada conto tem cem caracter.
O Edson criou este livro como uma homenagem ao livro 16 Linhas Cravadas, do escritor e ator Mário Lago. A ideia dos nanocontos nasceu por conta de uma frustração do autor que não sabia desenhar. Como ele é roteirista de livros em quadrinhos, vinha observando seus colegas desenhistas transmitirem mensagens instantâneas no curto espaço de uma tira de jornal. Ou seja, os nanocontos são na verdade “tiras literárias”.

 O autor tem outros livros publicados, tais como "Mansão Klaus e outras histórias", "Curta-metragem – Antologia de microcontos".
Ele é o responsável pela Editora Andross e se você quer saber um pouco mais sobre o trabalho dele pode dar uma olhada nos canais que ele tem a disposição dos leitores:



Para você ter uma pequena ideia do que fala o livro, transcrevo aqui alguns nanocontos do Edson Rossatto que peguei em seu site "Cem Toques Cravados":
 Espero que tenham gostado, pois eu me divirto lendo estes nanocontos. Um bom dia para todos!
 
 Aproveitem para participar do Top Comentarista e deixe seu comentário