Programa HCG

Olá amigos, hoje venho falar de um programa que é novidade para mim, pois nunca tinha ouvido falar nele antes. Ontem fui fazer meu exame anual dos seios e o papanicolau, e enquanto a moça da recepção pegava meus dados eu peguei um folder que estava na mesa (vivo pegando estes encartes) e foi nele que eu conheci este "Programa HCG".
Mas o que vem a ser "Programa HCG"? Quando nós mulheres engravidamos, o nosso organismo elimina naturalmente pela urina um hormônio chamado HCG. Este hormônio é usado na fabricação de alguns medicamentos que são usados em tratamentos de infertilidade feminina.
E o que consiste exatamente este programa? Muito simples, toda gestante pode ser uma doadora de urina. É isso mesmo, basta a gestante fazer um cadastro no Programa HCG através do telefone 0800-880-0424 ou pelo site. A doação/coleta pode ser feita até a 18° semana de gravidez e a coleta e realizada de forma domiciliar sempre a cada 4 dias.  No final do programa, a gestante ganha um kit para o bebê como forma de agradecimento. Este gesto muitíssimo simples pode ser a oportunidade de inúmeras mulheres poderem passar por esta maravilhosa experiência.
Então vamos lá, se você já conhecia este programa, ajude a divulgá-lo, e se como eu também não conhecia, abrace esta causa e divulgue também. E você que é uma futura mamãe e está neste início de gravidez, faça seu cadastro e doe sua urina. Doar é um ato de amor e neste caso pode ajudar a gerar novas vidas e alegrias.
Beijos em todos e um ótimo dia!





Corrigindo Receita...

Olá amigos, peço desculpas por um erro da receita Torta de Abacaxi, onde falava para reserva o doce, mas não explicava como fazia o doce. Aproveito e agradeço a Aramantha do blog Mãos Lindas que percebeu o erro e avisou. Obrigada querida! Então agora segue como fazer este doce:

Doce do abacaxi:
  • 1 abacaxi grande
  • 2 copos de açúcar
  • 1 copo de água.

Modo de Fazer:
Liquidifique rapidamente os ingredientes do doce de abacaxi e leve ao fogo, não precisa ficar mexendo, quando a agua secar pode desligar. Reserve.

O resto da receita está OK, só faltava este pedacinho.


Dia do Livro

Hoje, dia 29 de outubro é o Dia Mundial do Livro. Para mim, o livro é um verdadeiro tesouro. Com ele podemos viajar, conhecer lugares, histórias, pessoas... Podemos fantasiar e soltar a imaginação. O livro nos acompanha desde nossa tenra idade. É com ele que conhecemos as primeiras letras, as primeiras palavras tomam forma, deixam de ser apenas sons para serem letras com formas. Uma verdadeira transformação acontece em nossas vidas aravés dos livros. Muitos não gostam de ler, nem imaginam o que estão perdendo, outros não sabem mesmo ler e por conta disso perdem muitas coisas. Acho muito importante a leitura, seja para o aprendizado, seja para nossa atualização diária, seja para melhorar nossa escrita e fala, ou para simples distração. O importante é ler e ensinar a quem podemos o quão valioso e divertido pode ser este ato. Hoje estou lendo Brainstorm de Edson Rossatto (um dos livros que ganhei este mês), mas só neste mês já foram 3 livros lidos, costumo ler 1 livro por semana ou pelo menos 1 a cada 15 dias. Meus filhos estão as voltas com o kit do Itaú, o mais velho lê pra ele mesmo e conta para o rmão. Este que ainda não sabe ler, imagina as histórias e me conta do seu jeito. Eu li os livrinhos e acabo contanto para os dois. Quando eles cansarem do kit, mais livros serão adquiridos, para assim continuarem nesta incrível aventura. E você, o que está lendo agora? Já abriu um livro este mês? Aproveite e me deixe algumas dicas de leituras, eu leio de tudo um pouco. Estou sempre procurando novas aventuras...



Torta de abacaxi


Ingredientes:
1 abacaxi bem maduro
1 lata de leite condensado
1 lata de creme de leite
3 gemas
1 lata de leite comum
3 colheres de acucar (bem cheias)

Modo de preparo:
Faça o doce do abacaxi e reserve. Bata o leite condensado, o leite comum e as gemas, leve ao fogo mechendo ate virar um creme. Bata na batedeira o creme de leite e o acucar ate virar chantilly.

Montagem:
Em uma travessa de vidro coloque:
1. O doce de abacaxi
2. O creme
3. O chantilly
4. O coco ralado
Leve a geladeira ate gelar e sirva.


Fonte: Receitas da Dry



Correio...

Olá amigos, para terminar os presentes que recebi neste mês de outubro, mês das crianças \0/, ontem recebi o restante dos presentes que ganhei, e foram 3 pacotinhos de uma vez! Vamos lá devagar para eu não me perder: começando pelo dia anterior que foi 1 pacotinho, este eu peguei e rasguei a embalagem (igual criança) e acabei esquecendo de tirar foto (sorry!), mas tem foto do conteúdo (\0/ oba):

Estes 5 livros da Editora Androos ganhei no sorteio do Blog Ganhe Brindes. Agradeço a oportunidade tanto a editora quanto ao blog.

Agora vamos aos de ontem:

 Aqui os 3 pacotinhos juntos, desta vez me controlei e tirei foto antes, rsrsrs.





Estes são os livros enviados pelo Itaú que está distribuindo 8 milhões de kits deste. Se você quiser um deste para seu filho(a), clique aqui. Mais uma vez quero parabenizar o Banco Itaú pela iniciativa.

Estes 2 livros (Feios + Perfeitos), foram enviados pela Editora Record e ganhei no blog Sobre Livros. Muito obrigada tanto para Editora como para o blog Sobre Livros.



Este quarteto de sombras com estas graças de pincéis ganhei da Nathali do Blog Camarim de Beleza, ressalto que foi o último presente que ganhei (semana passada) e já chegou! Muito obrigada Nathali, adorei.

Agora para vocês verem como o meu mês das crianças foi muito bom ( e olha que o mês ainda não acabou), segue uma foto que tirei juntando todos os presentes.



Aja livros! Vou ler todos sem excessão, inclusive os infantis! Mais uma vez queria agradecer a todos que me proporcionaram estes prêmios: Blog Menina da Bahia e Editora Harlequin Books; Blog Asa Imensas Para Voar da Solane Tofani; Blog Sobre Livros e a Editora Record; Nathali do Blog Camarim de Beleza; Blog Ganhe Brindes e a Editora Andross e a Fundação Itaú Social pela maravilhosa campanha que está promovendo.


Beijos em todos e um ótimo dia!



Alfabetização:

 Quem tem filhos pequenos sabe do que eu vou falar agora: alfabetização. Nossa como ée maravilhoso ver seu pequeno começar a escrever e ler as primeiras letrinhas. E quando ele começa a unir tudo e formar as sílabas? para as palavras é mais um degrau. E nesta subida você pode e deve está junto com ele e ajudá-lo neste processo tão lindo.  Com pequenos e simples gestos, os pais conseguem fazer a criança se interessar e ingressar neste maravilhoso universo de letrinhas.

  1. Deixe bilhetes ou escreva cartas;
  2. Prepare receitas culinárias junto com seu filho;
  3. Leia histórias para seu filho desde sempre, mesmo que ele ainda não conheça nenhuma letra;
  4. Seja um modelo de leitor para seu filho, mostrando o quanto é prazeiroso a leitura;
  5. Aproveite os rótulos de embalagens e leia-os com seu filho;
  6. Faça as listas de mercado junto com seu filho;
  7. Quando vocês estiverem na rua, aproveitas as placas, os outdoors e tudo mais que chame atenção;
  8. Está chegando o aniversário de alguém? Aproveite e chame seu filho para ajudar com os convites;
  9. Na hora de fazer a agenda telefônica, peça uma "ajudinha" para ele;
  10. Mostre a seu filho que não são apenas os livros que possuem letras e palavras, mas jogos, brinquedos, álbum, computador e uma infinidade de coisas que existe ao seu redor;
  11. Sempre, independente da idade de seu filho, respeite seu tempo, cada criança tem um ritmo, e é preciso saber respeitá-lo.
A agenda telefônica é um bom objeto a ser explorado com as crianças. Ela mostra, claramente, o que é texto e o que é número, com a função de cada um deles. O texto é usado para escrever o nome das pessoas ou dos lugares, enquanto o número é utilizado para informar o telefone. No dia a dia, chame a criança para observar essa diferença. "Olha filho, deste lado ficam os nomes das pessoas e deste o número do telefone delas. Vamos ver qual o número da casa da titia?".
A partir das investigações das educadoras Emília Ferreiro e Ana Teberosky, apresentadas no livro Psicogênese da Língua Escrita, vários pesquisadores da área começaram a construir uma nova didática da alfabetização, chegando ao conceito de ambiente alfabetizador. No começo, houve interpretações errôneas, e professores começaram a colocar nomes nas coisas, como etiqueta com a palavra lousa na lousa, etiqueta com a palavra mesa na mesa, supondo ser assim um ambiente alfabetizador. Com as pesquisas que se seguiram, concluiu-se que um ambiente alfabetizador não somente é aquele que contem material escrito, mas aquele em que diversos gêneros textuais estão presentes e sendo usados, dentro de uma função comunicativa. Ou seja, o uso tem de ser efetivo.



Câncer de Mama


Olá amigos, em meio a tanta 'bandalheira' neste mundo virtual, graças a Deus existem também assuntos sérios e de UTILIDADE PÚBLICA que precisam de nossa atenção e respeito. Este é um deles:
O Instituto do Câncer de Mama tem uma importante campanha, e cabe a nós atendermos sua solicitação e ampará-lo.
Vamos salvar o site do câncer de mama?
O site do câncer de mama está com problemas, pois não tem o número de acessos e cliques necessários para alcançar a cota que lhes permite oferecer UMA mamografia gratuita diariamente a mulheres de baixa renda. Demora menos de um segundo, ir ao site e clicar na tecla cor-de-rosa que diz 'Campanha da Mamografia Digital Gratuita'.
Não custa nada e é por meio do número diário de pessoas que clicam que os patrocinadores oferecem a mamografia em troca de publicidade. Aqui no blog eu tenho esta tecla logo abaixo dos post, basta clicá-la sempre que vier me visitar, ou ir pessoalmente ao site do câncer de mama.
Sua ajuda pode salvar vidas.








SE ALGUÉM TE PROCURAR...


Com frio... É porque você tem o cobertor.

Com alegria... É porque você tem o sorriso.

Com lágrimas... É porque você tem o lenço.

Com versos... É porque você tem a música.

Com dor... É porque você tem o curativo.

Com palavras... É porque você tem a audição.

Com fome... É porque você tem o alimento.

Com beijos... É porque você tem o mel.

Com dúvidas... É porque você tem o caminho.

Com orquestras... É porque você tem a festa.

Com desânimo... É porque você tem o estímulo.

Com fantasias... É porque você tem a realidade.

Com desespero... É porque você tem a Serenidade.

Com entusiasmo... É porque você tem o brilho.

Com segredos... É porque você tem a cumplicidade.

Com tumulto... É porque você tem a calma.

Com confiança... É porque você tem a força.

Com medo... É porque você tem o AMOR!

(autor desconhecido)



Ninguém chega até VOCÊ por acaso.  Em "TUDO" há o propósito de Deus!  Inclusive em você estar lendo aqui, agora. Por esta razão e outras, repasse a tantos quanto puder.  Afinal... "Você pode até não ser ninguém para este mundo, mas é o mundo para alguém"



Fim do Anonimato na Internet


Na segunda-feira passada (18), o deputado Eduardo da Fonte (PP-PE) apresentou à Câmera Federal um projeto de lei que visa proibir o anonimato na internet. A ideia é que todos os sites deixem expostos os nomes e contatos de seus responsáveis na página principal, enquanto matérias veiculadas em blogs e outras páginas deverão conter o nome e o registro profissional no jornalista responsável pelo texto.
De acordo com o PL 7311/10, os sites terão de comprovar a veracidade da informação e assegurar o direito de resposta. A proposta proíbe preferências discriminatórias sobre raça, religião, orientação sexual, condição social, convicções políticas e doenças mentais.
Segundo o autor da proposta, uma rede não regulamentada prejudica muitas pessoas. "O cidadão prejudicado não tem como fazer contato com sites que não disponibilizam endereço ou nome dos jornalistas responsáveis pelos conteúdos veiculados", afirma.
O projeto ainda prevê multa entre R$ 5 mil e R$ 50 mil por cada infração. Nas infrações praticadas por pessoa jurídica, também serão punidos com multa os administradores ou controladores, quando tiverem agido de má-fé.
Para entrar em vigor o projeto ainda deve ser votado pelo Plenário da Câmara, além de ser apreciado por uma comissão especial.
E vocês amigos, o que acham disso?

Fonte: Olhar Digital




Câncer de Mama

Ainda sobre o câncer de mama, já que estamos no "Outubro Rosa" achei legal divulgar alguns links úteis sobre o assunto:

Leis e Direitos:
  • Lei 11664/08 - Garante a Mamografia às mulheres a partir de 40 anos pelo SUS: Dispõe sobre a efetivação de ações de saúde que assegurem a prevenção, a detecção, o tratamento e o seguimento dos cânceres do colo uterino e de mama, no âmbito do Sistema Único de Saúde – SUS. Veja a Lei na Íntegra
  • Lei 9797/99 - Reconstrução Mamária pelo SUS: Dispõe sobre a obrigatoriedade da cirurgia plástica reparadora da mama pela rede de unidade integrada do Sistema Único de Saúde - SUS nos casos de mutilação decorrentes de tratamento de câncer. Veja a Lei na Íntegra
    Fonte: Site Câncer de Mama (link: http://www.cancerdemama.com.br/leis/)

    Outros Links:
    • Federação Brasileira de Instituições Filantrópicas de Apoio à Saúde da Mama – FEMAMA: Esse projeto consiste na união de diversas entidades ligadas à causa do câncer de mama para o alinhamento de objetivos que devem ser alcançados por meio de planejamento estratégico na busca por melhorias na aérea da saúde da mama, tais como: diminuição do índice de mortalidade pela doença; melhoria da qualidade dos exames e das medicações; representatividade no Congresso; entre outros.

    • AMERICAmama: Tem como objetivo social principal funcionar como uma coalizão internacional de grupos de trabalho voluntário contra o câncer de mama na América Latina em termos de prevenção, diagnóstico, tratamento e reabilitação, em sua dimensão mais ampla.
    • Instituto Nacional de Câncer - INCA: O Instituto Nacional de Câncer (INCA) é o órgão do Ministério da Saúde, vinculado à Secretaria de Atenção à Saúde, responsável por desenvolver e coordenar ações integradas para a prevenção e controle do câncer no Brasil. Fundação Oncocentro de São Paulo - FOSP: A Fundação Oncocentro de São Paulo (FOSP) é uma instituição geradora de condições para o aprimoramento de ações em oncologia, constituindo-se em órgão de apoio da Secretaria da Saúde para assessorar a política de Câncer no Estado.
    • Fundação do Câncer: Criada para apoiar atividades de combate ao câncer, a Fundação do Câncer trabalha na captação de recursos e gestão de projetos em áreas de pesquisa, ensino e desenvolvimento institucional, científico e tecnológico. Por estes caminhos, participamos da luta pela vida, provendo recursos e colaborando com as ações do INCA. ABC da Saúde - Câncer de Mama Portal direcionado ao público em geral que tem por objetivo a informação, divulgação e educação sobre temas de saúde com mais de 600 artigos escritos exclusivamente por especialistas.




    Correio Chegou Novamente


    Olá amigos, como eu já disse em outro post, este mês ganhei vários presentes, e eis aqui mais um que recebi na quarta feira, desta vez veio da Solange Tofani do blog Asas Imensas Para Voar onde fui a feliz ganhadora de um Gloss Duda Molinos. Simplesmente lindo! Adorei!
    Muito obrigada Solange. 




    Beijos a todos e ótimo final de semana!


    Lançamentos

    Olá amigos, com as proximidades do Natal, não poderia deixar de passar e deixar uma super dica: o site Toda Mulher já está disponibilanzo novas coleções 2011. Uma variedade de bolsas lindas ao seu dispor através de um simples click, e o que é melhor com frete grátis para todo o Brasil nas compras acima de R$49,90! Confira abaixo algumas opções e comece a pensar na sua lista de Natal:





    Bolsas Garfield coleção POCKETS 2011 | TODAMULHER
    Bolsas Betty Boop coleção STRIPES 2011 | TODAMULHER

    São tantos modelos de diversas marcas que não dá para por todos aqui, mas clique e confira direto no próprio site da loja e boas compras!

    Bolsas BETTY BOOP coleção STRIPES 2011 | TODAMULHER








    As Lágrimas dos Diferentes

    O recado abaixo eu vi no blog do Alexandre (Lost In Japan), um querido amigo que sempre que pode vem visitar este blog.


    Repasse: As pessoas precisam entender que as crianças com necessidades especiais não estão doentes. Elas não procuram uma cura, apenas aceitação. Esta é a semana da educação especial. Noventa e três por cento das pessoas não vão copiar e colar este texto. Que tal fazer parte das sete por cento e...deixá-lo no seu mural por pelo menos, uma hora?

    Essa campanha me lembrou um triste episódio, que aconteceu há alguns anos.

    Cidade de Hamamatsu.
    Província de Shizuoka.
    Noite, estação de trem de Hamamatsu, um tanto vazia.

    Umas seis pessoas conversavam animadamente, enquanto aguardavam chegar o trem.
    Dekasseguis (brasileiros que moram no Japão, assim como eu).

    Chegou um pequeno grupo de jovens japoneses, uniformizados, com necessidades especiais.
    Autismo.

    A conversa meio que emudeceu, vi o grupo dekassegui olhando bem torto o grupo de jovens autistas.

    Um parecer bem negativo foi emitido claramente, sem disfarces (já que os jovens autistas provavelmente não entendiam português mesmo): esses retardados deveriam ficar em casa, aonde já se viu retardado ficar andando na rua, só nesse Japão mesmo...e coisas do gênero.

    No grupo de dekasseguis, duas garotinhas.
    Simpatizaram com os jovens autistas e sorriram para eles, acenaram.
    Nisso, um dos garotos com necessidades especiais se aproximou das meninas e disse "Kon-banwa" (Boa noite) em voz alta.

    Uma mulher (a mãe de uma das meninas, talvez) entrou na frente das crianças e começou a gritar, em português mesmo:
    - Afaste-se! Saia daqui!
    E seguiu um alto Damêeeee (uma expressão que significa "não pode, não deve").
    Ameaçava o menino com seu olhar crispado, duro. Braços e pernas abertos, como se fosse uma cerca de arame farpado humana à "proteger" a pequena menina.

    O garoto se assustou, paralisou com a reação da mulher.
    Aproximou-se, então, a senhora responsável pelo grupo de jovens autistas e começou a dizer em japonês: não são perigosos, querem apenas ser amigos.


    Um rapaz do grupo dekassegui, que falava um japonês horrível, começou a brigar com a coordenadora japonesa, dizendo que lugar de "retardado" é em casa, não na rua.
    Fazia sinal de louco (dedos rodopiando em volta da orelha, gesto que não tem sentido algum para um japonês) e dizia: damê, damê. baka hito, uchi dakê - não pode, não pode, pessoa boba, só casa -(tentativa de dizer que autistas deveriam ficar apenas em casa e não estar na rua).
    E fez alguns gestos agressivos, falou algumas coisas do tipo "se aproximarem da gente de novo, vão apanhar".

    Tentei argumentar alguma coisa, uma outra mulher do grupo griou comigo: cala a boca, seu fdp, a filha não é sua.

    E o grupo dekassegui deixou a estação, temendo "um ataque em grupo dos retardados contra as meninas e eles próprios".
    Revoltados, saíram praguejando que lugar de criança "retardada" é em casa e não na estação do trem, assustando as pessoas "normais".


    Assim que o grupo dekassegui virou as costas, o jovem rejeitado, humilhado, começou a chorar.
    Aquele choro contido, que a pessoa nada fala e apenas soluça, tamanha a dor que sente.
    No olhar, aquele olho fundo, perdido, que olha desesperado querendo entender porque as coisas tinham que ser deste modo.
    O olhar de quem sabe o que é a rejeição, o que é o preconceito, o preço de ser diferente.
    Olhos que pareciam dizer "eu não tenho culpa de ser assim, eu não quis magoar ninguém".
    E nisso os outros jovens começaram a chorar também, porque com certeza entendiam o sentimento do amigo rejeitado. A dor dele era uma velha dor, familiar a todos, com certeza.

    Eu só consegui olhar para a coordenadora e soltar um "sinto muito" e baixar a cabeça... não consegui falar mais nada.
    Foi tudo muito rápido, mas profundo demais...

    Chegou o trem que esperavam.
    Era meu trem também, mas não tive coragem de seguir junto, sentia vergonha e covardia.
    Doía encarar aqueles jovens chorando, ter a noção da realidade que eles viviam, não tive coragem de seguir junto.

    O trem partiu. Da janela vi alguns jovens ainda chorando, outros de cabeça baixa.
    Me veio a mente os trens com judeus, que seguiam para Auschwitz...



    No Japão, os portadores de necessidades especiais passam por tratamento especial, para visar a total independência.
    São estimulados a não ficarem presos em casa, (a andar de trem inclusive, locomover-se), a estudar e posteriormente trabalhar, integrar a sociedade, formar família.
    E a nossa parte é compreender o limite do outro, aprendermos a ter respeito. Não julgarmos pela aparência, pela cor, posição social, etnia, religião. Coisa difícil, porque a gente precisa sentir um preconceitozinho, um desprezo por alguém para não se sentir tão pra baixo, não é verdade?

    Texto copiado do blog Lost In Japan.


    Torta de Pão de Forma


    Ingredientes:
    400 gr de peito de frango desossado cozido e desfiado
    1 lata de ervilha
    3 colheres de óleo de soja
    1 cebola picada
    4 tomate picados
    azeitona verde picada sem caroço
    sal
    pimenta-do-reino branca
    1 pacote de pão de forma
    maionese

    Modo de fazer:
    Aqueça o óleo e doure a cebola,os tomates e as azeitonas.
    Tempere com sal,pimenta e refogue por alguns minutos.
    Acrescente a ervilha e o frango desfiado.Regue com um pouco de água e deixe o molho apurar. Reserve.

    Montagem:
    Em um refratário arrume camadas de pão de forma,passando um pouco de maionese em cada fatia.
    Coloque em seguida o refogado de frango. Finalize com o pão e decore à gosto.